- Publicidade -

O Rift Rivals 2019 azul (EU x NA) acabou neste sábado e o resultado foi pior que os norte-americanos talvez previam. Os representantes da LEC (liga europeia) atropelaram os times da LCS (liga norte-americana) e levaram o título da competição nas duas modalidades: 5×5, 2×2.  O NA ficou com a vitória do Showmatch de abertura como prêmio de consolação do evento.

Showmatch

Um showmatch entre as duas regiões abriu o evento no dia 27. Casters, CEOS, Coachs e até ex-jogadores profissionais de cada região integravam as equipes e lutaram pela honra e glória de suas ligas.

Rift Rivals 2019
Os norte-americanos atropelaram os europeus no showmatch de abertura.                                               Foto: LoL Esports

A partida foi um completo atropelo à favor dos norte-americanos, que venceram aos 30 minutos com um placar de abates de 40-10. Confira os representantes de cada time:


NA

Top – Dyrus (ex-pro player)
Jungler – Kobe (Caster da LCS))
Mid – Reginald (CEO da TSM)
Bot– Westrice (Coach Cloud9 Academy)
Support – LiQuiD112 (CEO da Team Liquid)

 


EU

Top Youngbuck (Coach Fnatic)
Jungler– Medic (Caster da LEC)
Mid – Xpeke (CEO da Origen)
Bot – Ocelot (CEO G2)
Support– Deficio (CEO da Origen)

Campeonato 5×5

A América do Norte entrava animada para a verdadeira competição, mas logo no primeiro dia tomou um choque de realidade: Europa invicta com quatro vitórias. Mas não foram apenas vitórias, foram jogos esmagadores onde os europeus brincavam com seus oponentes, usando jogadores reservas, trocando seus jogadores de rota e fazendo algumas escolhas de campeões bem “diferentes”.

No segundo dia a postura dos times representantes da LEC não mudou, mas dessa vez a LCS conseguiu vencer três dos cinco jogos. No final da fase de grupos, os europeus terminaram com seis vitórias e três derrotas. Em entrevista pós-jogo, Zven comentou que os jogos que eles (NA) conseguiram vencer, foi por que a Europa estava “trollando”.

Rift Rivals 2019
Ems ua primeira derrota na competição, a G2 jogou com Shyvana no topo e Zed na botlane.                     Foto: Reprodução

A final do torneio foi no formato MD5 e funcionava da seguinte forma: cada partida uma equipe de cada região jogava; os Coachs europeus saberiam com antecedência qual equipe norte-americana iria jogar cada partida, e com isso poderiam escolher quais de suas equipes jogaria contra, privilégio ganho pela melhor colocação na fase de grupos do torneio.

Desta vez a Europa não veio para brincar e, sem muitas dificuldades, venceu a série por 3-1, conquistando o título do Rift Rivals 2019. Os confrontos foram:

Fnatic 1 x 0 Cloud9
Team SoloMid 0 x 1 Origen
G2 0 x 1 Team Liquid
Team SoloMid 0 x 1 Fnatic

É o segundo ano consecutivo que a região vence o torneio. Em 2017, na primeira edição da competição, os norte-americanos conseguiram seu único título até então.

Campeonato 2×2

No campeonato para determinar a melhor dupla do ocidente, Zven e Smoothie conseguiram chegar na final, vencendo a dupla da Cloud9 (Blaber e Zeyzal) e, nas semifinais, a dupla da Team Liquid (Doublelift e CoreJJ).

Do lado europeu, a dupla da G2 (Perkz e Mikyx) já estavam garantidos na semifinal e só precisaram vencer a Fnatic (Rekkles e Hylissang) para chegarem na final do torneio. A dupla da LEC optou pela maneira mais segura e venceu os norte-americanos por farm, conquistando o título do campeonato 2×2.

Rift Rivals 2019 - 2x2 champions
Foto: LoL Esports

O campeonato não teve um ar tão sério por parte das duas regiões, mas já dá uma prévia do que está por vir no Mundial 2019 caso as equipes norte-americanas não melhorem seu desempenho.

Você pode acompanhar os resultados, replays e melhores momentos de todos os jogos que aconteceram neste Rift Rivals aqui na nossa cobertura completa.