- Publicidade -

A KaBuM! e-Sports está se preparando para a disputa do 2º Split do CBLoL. Para não repetir o resultado negativo da primeira etapa (6º lugar e fora dos playoffs), os Ninjas trouxeram três reforços: DudsTheBoy e Ceos, Bot Lane ex-redemption, e o sul-coreano Choi “Wizer” Ui-seok, para a rota do topo.

O Mais Esports conversou com exclusividade com Matheus “dyNquedo” Rossini, Igor “DudsTheBoy” Lima e Filipe “Ranger” Brombilla, que falaram sobre a adaptação à nova lineup e expectativas para o 2º Split do CBLoL 2019.

Dynquedo, o que você espera para esse split? A KaBuM foi bicampeã do CBLoL no ano passado, mas amargou um 6º lugar. Não teve que jogar Série de Promoção, mas com certeza não era o que vocês queriam. O que você espera para o 2º Split?

Acredito que esse split será bom para nós, estamos com um time totalmente novo, e esse ar novo, jogadores novos, dá uma motivação nova… Vai ser totalmente diferente do último split, e pelo que estamos treinando já vimos muita diferença, vai dar muito certo. O split não começou oficialmente, mas para nós, já.

Nós vimos os seus comentários sobre o Titan no Shot da Caju. O que você espera jogando agora com o Duds, que é um atirador mais velho?

Jogar com o Duds vai ser uma experiência bem diferente, comparando com o Titan, não sei dizer pontos mais específicos, mas vamos ter um quesito mais importante na responsabilidade, de liderança, acredito que ele vai ajudar muito o Ranger nesse papel. Não sei muito o que esperar ainda, começamos faz pouco tempo, mas como eu disse, eu acho que vai dar muito certo, ele encaixou muito bem e já era amigo nosso também há bastante tempo.

Sobre algumas coisas que o Tabe comentou no Vietnã, sendo você o único jogador que ele elogiou, o que você tira de lição disso tudo?

Eu aprendi bastante com o Tabe, eu gostava bastante do estilo dele, mesmo não tendo dado certo no nosso time. Ele me ensinou muita coisa, e muita coisa fora de jogo também. Ele me falava que gostava muito das minhas atitudes fora de jogo, de mim como pessoa e que isso me ajudava dentro de jogo. Ele me pediu para continuar com esse comportamento, além de me ensinar muitas coisas técnicas e individuais… Eu vou levar muita coisa do Tabe para sempre, por muito tempo.

Agora vocês têm um coreano na equipe, o Wizer. Como está funcionando a comunicação com ele? Ele fala inglês?

A comunicação está bem tranquila, achei que iria ser bem mais caótica, bem mais difícil do que está sendo. Ele consegue comunicar bem, ele chama e fala bastante, ele consegue usar termos simples que fica fácil para entendermos e fácil para ele falar, não fica nada confuso.

Nossa comunicação está de boa e, como todos do time falam bem inglês, conseguimos nos virar bem.

O último coreano que jogou na KaBuM foi o Crown, que na época era chamado de Shadow. Você acha que o Wizer pode repetir o sucesso dele?

Eu espero que sim, mas que repita aqui primeiro e depois lá fora com muito sucesso. Ele é um jogador muito bom, realmente, muito diferenciado do que já tenhamos jogado com e eu acho que ele tem muito o que acrescentar para nós, ele vai nos ensinar muito. E como ele é um jogador inexperiente, não jogou muito lá fora, ele também vem para aprender e ganhar essa experiência conosco. Ele é muito bom mesmo, acho que vai dar certo.

Duds, você estava na Redemption e vocês foram muito bem no CBLoL, chegaram nas Semifinais e quase ganharam da INTZ. O que te motivou a deixar a RDP e vir para a KaBuM?

Eu acho que o time da KaBuM! tem mais preparo e aqui tenho mais chances de ter campeão brasileiro, então eu foquei nisso, eu quero ser campeão nesse split e procurei o time que me desse mais essa chance, acredito que a KaBuM! seja o melhor lugar.

Você ja falou que espera ser campeão, mas o que você espera dessa lineup, que agora conta com o Wizer, um coreano, na Top Lane?

Espero que a gente se encaixe rápido. Ter um coreano, ter uma língua nova na comunicação dá uma atrasada, mas estamos tentando ao máximo se encaixar. E espero já no meio do split estar na nossa melhor fase e sendo o melhor time do CBLoL.

Como está sendo jogar com o Dynquedo e com o Ranger? Eles são os mais experientes desta lineup, já estão na KaBuM! há mais tempo, como está sendo jogar com eles?

Jogar com essa dupla é uma experiência incrível. O Ranger tem muita noção da Jungle, o Dynquedo é um cara muito habilidoso, ele é muito bom. Então eu acho que se eu e o Ceos fizermos o nosso papel, o Wizer fizer o dele, está tranquilo porque tudo vai estar encaminhado, porque para nós está bem fácil.

Você está animado para enfrentar seu ex-companheiros no CBLoL? Ao menos três vezes, KaBuM e Redemptions vão se encontrar.

Jogar contra a Redemption vai ser bem da hora, nós conhecemos eles, e eles nos conhecem, então tem esse gosto a mais. Nós sempre jogamos juntos e acredito que eu nunca tenha jogado contra o Krastyel, mas não tem como aliviar para eles e nem eles vão aliviar para nós. Espero que sejam bons jogos.

Você veio com o Ceos para a KaBuM!, às vezes vemos de uma Bot Lane se transferindo junta, mas muitas vezes também separada. O que pode acrescentar para você e para o Ceos chegarem juntos numa nova equipe, e o que acrescenta à KBM receber uma Bot Lane já entrosada?

A mudança se torna mais fácil, porque eu tenho o Ceos, e ele tem a mim, a gente se apega um ao outro. A Bot Lane não precisa reaprender a jogar, nem com um AD diferente, nem com um suporte diferente. E para a KaBuM é mais tranquilo, por conta de já virmos com uma bagagem de Bot Lane. Nós já sabemos como jogamos, eu sei como o Ceos pensa, ele sabe como eu penso, fica muito mais fácil para encaixar. Já tem a dupla do mid e a dupla do bot, só falta encaixar com o Wizer para emplacar no CBLoL.

Ranger, o quanto você está animado para jogar o CBLoL com essa nova lineup da KabuM?

Eu acho que nunca me senti assim, porque eu nunca tive uma “ajuda” de dentro do time na hora do jogo, e com a chegada do coreano ele até me sugere coisas, por exemplo “por que você não faz esse campo antes de tal coisa” etc, então é uma experiência nova para mim e me anima bastante, é algo que eu sempre quis, ter alguém experiente, alguém que estivesse na mesma página que eu para me ajudar no jogo, isso é muito bom.

E a perspectiva pro CBLoL, como está?

Sempre que eu tive uma boa expectativa para o CBLoL eu me dei mal, e quando eu achava que iria ficar entre os piores, foi quando eu tive os melhores resultados. Então, agora que eu estou me sentindo confiante, eu fico um pouco preocupado.

É curioso como tem muitos times que pensam assim, a KaBuM! mesmo quando chegou do Circuito Desafiante foi campeã do CBLoL, e vem muito desse pensamento de “não criar expectativa, não hypar, etc.” É essa a postura que você vai ter esse split, não criar expectativas para ser campeão?

Acredito que temos que manter nessa linha, porque é muito complicado você ser motivado sem passar do limite. Acho que isso acontece bastante com os times do Brasil, você acaba tendo uma percepção maior do que você realmente é, então tem que ter um equilíbrio, um balanço: ter pé no chão, mas ao mesmo tempo confiante.

Você está jogando com uma nova Bot Lane. Estava acostumado com Titan e Riyev, e agora você tem o Duds e o Ceos, que já vinham jogando juntos da Redemption. Como está sendo jogar com eles, e o que você está sentindo de mudança jogando nos treinos, ou na SoloQ?

A nova Bot Lane é bem mais safe em relação à outra, eu acho. Fica um pouco mais fácil de trabalhar o Macro, porque eles estão sempre estáveis, ou igual, ou ganhando um pouco, ou no máximo perdendo um pouco mas nada tão relevante, então fica muito mais fácil de se trabalhar o mapa e abre um leque maior de estratégias. Você pode deixá-los de forma mais independente porque sabe que eles absorvem bem a pressão, então temos um leque tático melhor para trabalhar.

Durante o MSI, nós conversamos com o Tabe e ele fez aqueles comentários sobre a KaBuM! O que você tira de lição das palavras dele e da passagem dele aqui com vocês?

Eu aprendi muito com o Tabe, ele é um cara que olha bastante a característica dos jogadores para trabalhar em cima do time. Às vezes ele vê um jogador como ponto forte e ele quer enaltecer esse ponto forte, acho que essa foi uma das coisas legais que aprendemos com ele. E tem bastante coisa dentro do jogo que aprendemos também , como trabalhar vantagem e como jogar em cima de quem está ganhando. A grande maioria das coisas que tirei do Tabe são positivas, e até uma coisa ou outra de negativa a gente pode lembrar como um exemplo a não seguir, então toda experiência que tive com ele eu vou lembrar de algo positivo.

Você sendo o Jungle, você joga mais com o Wizer. O último coreano que passou pela KaBuM! foi o Crown. Você acha que o Wizer pode repetir o sucesso dele?

Espero que sim. Uma das primeiras coisas que eu falei quando soube que o Wizer estava vindo era que ele é novo, vindo hypado e todo mundo falou bem dele lá, imagina se a gente está jogando agora com um futuro campeão mundial, imagina a honra que seria. Então eu espero grandes coisas dele, ele é muito bom, e acho que vamos ter sucesso.

Você está sentindo ele hypado para jogar SoloQ e nos treinos? Normalmente quando vemos um jogador indo para outra região, é para uma mais forte. Já o Wizer saiu da Coreia e veio para o Brasil. Como você está sentindo ele jogando na stream, nos treinos e na SoloQ?

Eu já tive experiência de jogar com jogadores coreanos. O primeiro time competitivo que eu entrei foi a Big Gods, na época do Alocs lá em 2015 ou 2016, então já tive essa experiência de trabalhar com coreano no dia a dia e ele só correspondeu às minhas expectativas de que ele seria muito dedicado. O Wizer está sempre falando de LoL, ta sempre assistindo ou jogando e ele incentiva todo mundo que está no ambiente a trabalhar tanto quanto ele, isso é um ponto muito positivo.

Eu só tenho admiração pela cultura deles, pelo esforço deles, e espero que todo mundo  siga essa mesma linha, vamos todos evoluir bastante.

A KaBuM! estreia no CBLoL contra a Team One, na última partida do próximo sábado (1). A rodada começa às 13h.