- Publicidade -

A paiN Gaming se prepara para a Semana 6 desta primeira etapa do CBLoL 2020. Após mais um fim de semana 1-1, o time de Dionrray e companhia busca subir na tabela nas partidas contra a Redemption e KaBuM.

No fim da 5ª Semana, o Mais Esports conversou com o treinador da paiN, que falou sobre os resultados recentes, pressão da torcida e a necessidade de sua equipe jogar “mais solto”, isto é, com mais confiança.

“Nos dois jogos tivemos o mesmo problema: o early-game. No sábado, tínhamos ferramentas para um bom começo, com Elise para jogar com o Sett, mas nossa execução foi ruim, por isso a INTZ abriu vantagem, pegou dragões, mas no mid-game e lutas nós fomos superiores. Já no domingo era um jogo mais difícil, pois perdíamos na jungle e as lanes não conseguiam criar muito, então tivemos que entregar muito no começo. Com a vantagem aberta e, claro, nós jogando mal, perdemos”, explica o coach.

Com a menção do início de jogo da paiN feita por Dionrray, questiono se isso já não pode ser um ponto a ser trabalhado na equipe. O treinador afirma que não é segredo que a paiN é apática, com dificuldades de tomar iniciativa e impôr seu jogo, mas ressalta:

“Falar que nosso problema está no early game ainda é muito vago, porque muito se falava que era por causa dos campeões da jungle, faltavam campeões agressivos. Tivemos Elise e não jogamos bem. São vários fatores que influenciam, sejam picks, estratégia e até confiança dos jogadores. Sabemos que ainda falta muito, nós somos a paiN, nós que temos que começar os objetivos e impor nosso jogo, mas ainda pecamos nisso.”

Os maiores focos de cobrança por parte da torcida são os jogadores sul-coreanos do elenco, o jungler Seonghwan e o suporte Key. Na coletiva de imprensa, o Mais Esports perguntou ao treinador também da Coreia do Sul, Xero, se ele sentia seus conterrâneos pressionados, ao que ele respondeu que sim.

Dionrray acredita que a paiN precisa arriscar mais (Foto: Riot Games)

Quanto aos estrangeiros, Dionrray não acredita que eles estejam “inseguros”, mas que, após semanas de bons treinos e no CBLoL nem tudo sai como planejado, eventualmente os jogadores entram “com uma pulga atrás da orelha por não ter certeza se vamos conseguir mostrar o que fazemos todas os dias.”

Prestes a iniciar a segunda metade da Fase Regular, a paiN Gaming tem mais cinco semanas para melhorar seus resultados para chegar nas quatro melhores posições e se classificar aos playoffs. Atualmente, a equipe ocupa a 5ª colocação.

Para isso, Dionrray primeiro salienta que não se pode esquecer o que a equipe construiu nesta temporada. “Temos que segurar isso nas próximas rodadas, mas na minha opinião, o que precisamos fazer é arriscar mais, não só em pick ou in-game, mas numa maneira geral. Precisamos jogar mais solto, encontrar mais maneiras de fazer isso, talvez puxar isso no dia a dia, nos treinos, seja um bom caminho. Precisamos sair com 2-0 na próxima semana”, finaliza.

A paiN Gaming enfrenta dois adversários que estão na parte debaixo da tabela. No sábado (14) o compromisso é contra a Redemption, que voltou a vencer recentemente, e contra a KaBuM, no domingo (15).

Você confere a cobertura completa do CBLoL aqui no Mais Esports.

Veja também: LEC é suspensa após membro estar sob suspeita de coronavírus