Apesar da derrota para a paiN Gaming no sábado (20), o Flamengo venceu a INTZ no domingo (21) e garantiu sua classificação para os playoffs do 2º Split do CBLoL 2019.

Na coletiva de imprensa após a partida contra a paiN, Felipe “brTT” Gonçalves e Leonardo “Robo” Souza comentaram, além da derrota, sobre o planejamento da equipe Rubro-negra para o mata-mata do campeonato.

Como fica o mindset do time depois dessa derrota?

brTT: A situação não muda muita coisa. Claro que agora para ficarmos em 1º vai ser muito mais difícil, porque não depende mais só de nós, vamos depender da KaBuM perder para algum time, o que acho difícil. Mas eu acho que isso não é algo que nos preocupa muito, terminar em 1º ou 2º não vai fazer muita diferença, então o mais importante é buscar nossa melhora.

brTT, por quê você acha que a paiN veio mais forte no jogo de hoje?

brTT: Não vi tanta diferença assim, mas vi que eles não estavam só aceitando o jogo, eles estavam tentando responder nossas jogadas, principalmente no early-game, não nos deixavam pegar nada “de graça”. Diria que essa foi a maior diferença, eles estavam com menos medo de jogar.

O histórico do Flamengo mostra que o time tem uma certa fraqueza para jogar MD5. Vocês estão se preparando de alguma maneira especial para os playoffs?

Robo: Estamos demonstrando estilos de jogo diferentes, já jogamos para o Top, Mid e Bot, então estamos treinando bastante isso porque sabemos que, no 1º Split, esse foi um ponto fraquíssimo nosso na MD5 e isso é algo que faz muita diferença, você poder jogar outros estilos numa série é muito bom. Essa é nossa preparação, planejar outros estilos e não só jogar para o Bot como éramos conhecidos, termos uma variedade maior e os times terem mais dificuldade de nos ler.

Vários outros times já falaram em coletivas que a paiN joga muito melhor durante os treinos. O jeito que eles jogaram hoje é essa paiN dos treinos?

brTT: É muito difícil tirar o mérito do time que ganhou, mas como eu já falei, não acho que eles mostraram muita mudança assim, acho que o Tin mostrou um campeão diferente, que é novo… Não vou falar que ele fez 1v9 porque eu seria muito escroto, mas ele carregou muito de Qiyana, então não acho que o time tenha mudado tanta coisa assim e que o Tin fez muita diferença.

Robo, você respondeu em outra pergunta que o Flamengo testa composições no stage. O que você quis dizer com isso?

Robo: O que eu digo “testar”, nós já treinamos obviamente e deu certo, vamos testar no stage porque a pressão é bem diferente e você precisa saber como seu jogador responde sendo o centro dos recursos, então é isso que eu quis dizer com teste, saber se o seu jogador é capaz de carregar uma partida, falar o que ele precisa fazer, etc, ou não. E isso é muito importante porque se ele não conseguir fazer no CBLoL, ele não vai conseguir numa Final ou Semifinal, onde a pressão é muito maior. Não é que vamos pegar qualquer coisa que nunca jogamos, já pegamos em treino e deu certo.

Robo antes de partida contra a INTZ Foto: Riot Games

Vocês acreditam que o pick da Qiyana do Tinowns foi o principal motivo da derrota?

brTT: Não acho que foi o principal motivo. Fez uma diferença bem grande, foi o diferencial da paiN sem dúvida, mas nós fizemos duas chamadas ruins de dragão onde começamos o objetivo contra a composição deles que era muito ruim de começar e ficar preso dentro do dragão, eu morri duas vezes sem poder fazer nada para a Qiyana chegando no flanco. Nós começar o objetivo e deixá-los flanquear era muito ruim e fizemos isso duas vezes. Foi aí que começou o problema e não o Tin snowballar no começo. Nós erramos bastante também, demos janelas para ele nos punir, eles nos puniram muito bem, ele jogou bem de Qiyana e foi isso.

Robo: Também acho que não foi o principal, com certeza desbalanceou o jogo mas tiveram chamadas bem duvidosas da nossa parte de dragão, nós sem TP e eles com, então foi mérito deles saberem nos punir mas também fizemos coisas que não eram possíveis ser feitas contra Qiyana, nós não tínhamos experiência contra o campeão, então foi isso que acarretou nossa derrota.

Quem vocês enxergam como principal adversário neste 3º turno?

Robo: Eu diria que a KaBuM, mas se não me engano ainda depende só de nós para ficar em 1º, se ganharmos todos os jogos. Acho que é focar no nosso e, terminar em 1º ou não… Eu particularmente prefiro, se formos evoluir, nem terminar em 1º. Vamos ver o que rola, se tivermos uma evolução boa vai ser muito bom para nós.

É esperado que os times mostrem sua melhor forma no 3º turno do campeonato. Vocês acreditam que o Flamengo está na sua melhor fase?

brTT: Eu diria que estou confortável, mas não diria que estamos no pico de poder. Como o Robo falou, estamos testando algumas coisas para ver o que vai ser o ideal de usarmos nos playoffs, o melhor jeito de jogar, para onde jogar, etc. Então, é difícil falar que chegamos no pico de poder porque ainda estamos testando muitas coisas… Então, não.

Apesar de já estar garantido na próxima fase, o Flamengo ainda possui cinco compromissos pela Fase Regular. Na próxima semana, a nona da segunda etapa, a equipe enfrenta a CNB no próximo sábado (27) e a Redemption, no domingo (28)

Artigo anteriorR6: Black Dragons anuncia escalação feminina
Próximo artigoCS:GO: W7M anuncia a contratação de skullz
Wow, você chegou até aqui? Isso significa que a matéria ficou legalzinha pra ler até o fim (Ou era sobre seu jogo favorito/time do coração, e tudo bem também) Eu sou Vitor Ventura, sou jornalista formado pela Universidade Mackenzie e trabalho com Esports desde 2016. Eu jogo League since 2015, e outros joguinhos também. Tenho duas tatuagens no braço direito, uma do Zelda e outra do Final Fantasy VIII. Fã de JRPG, jogo desde os meus 3 anos de idade e gosto de dizer que trabalho com meu sonho: Escrevo, falo sobre e viajo por conta de "joguinho"!