O Flamengo eSports faz seus últimos ajustes para estrear bem no 2º Split do CBLoL 2019. A equipe Rubro-Negra não trouxe nenhuma novidade para esta etapa, e o foco é um só: ser ainda melhor que no split passado, sendo campeão.

O Mais Esports falou com exclusividade com Leonardo “Robo” Souza, Felipe “brTT” Gonçalves, além do técnico Gabriel “Von” Barbosa, na última quarta-feira (29). Eles nos contaram sobre os planos para a próxima etapa, além das equipes que vem fortes para concorrer ao título.

Nós também conversamos com o Flanalista. Confira!

Von, o Flamengo não trouxe nenhum reforço para o 2º Split, mantendo a mesma equipe e a mesma comissão técnica. Por que essa escolha?

Acreditamos no potencial de cada jogador e cada membro da comissão técnica. Nós sempre conversamos sobre trazer  reservas e quem podemos trazer para agregar, mas no fim, acabamos optando por não fazer nenhuma contratação. Se fossemos fazer algo, seria para trazer algum reserva, mas a gente acredita nessa lineup.

Já que vocês não trouxeram nenhum reforço, o que o Flamengo está fazendo de diferente para esta segunda etapa do CBLoL?

Quando olhamos para o que deu errado, teve muita coisinha de mindset, mas também de treino, a forma que treinamos, a forma que evoluímos, a forma que vemos o jogo para o cenário brasileiro, como usamos o campeonato para evoluir… Vamos mudar principalmente nesses aspectos, porque não adianta fazer uma campanha com 20 vitórias e perder na final. Ninguém se lembra de como foi a Fase de Pontos.

Então vamos ver a forma que levamos o campeonato como um todo e o mindset, para evoluir.

Quais outros times você vê como os principais concorrentes ao título contra o Flamengo?

Acredito que a INTZ virá um pouco fragilizada. Acho que o MSI deve ter trazido alguns problemas internos, não sei ao certo. É muito cedo para julgar, a única coisa que sabemos são os resultados de treinos, além das expectativas. Por exemplo, a paiN veio forte, mas trouxeram o Yang que vai ser uma adição muito boa para eles.

Então acredito que a paiN, talvez a KaBuM… Eu não sei como vai ser a comunicação deles com o coreano, afinal, são quatro brasileiros e um coreano. Se eles conseguirem se adaptar bem com o inglês eles podem vir como fortes candidatos. Diria então, KaBuM e paiN.

Como você bem lembrou, o Flamengo teve 20 vitórias na Fase de Pontos, venceu a semifinal mas perdeu a final para a INTZ. O que você tira de lição disso tudo?

Eu refleti muito sobre o meu trabalho. Principalmente “o que eu posso fazer de melhor para não deixar isso acontecer de novo” ou como eu posso ajudar mais o meu time”, ou fazê-los evoluir melhor e analisar o outro time, para conseguir agregar mais ao meu time. Esse é o principal.

Se eu conseguir fazer isso, acho que consigo tirar o máximo de cada jogador.

Durante a Fase de Pontos no split passado, cheguei a te perguntar sobre como o Flamengo iria se portar em séries mais longas, já que estava vencendo bem as partidas unicas. Perder a final para a INTZ, acendeu uma luz amarela para como o Fla se comporta em séries longas?

Eu lembro dessa pergunta, e minha resposta foi que estávamos confiantes no resultado em séries. Acho que o problema da Md5 foi que não conseguimos nos adaptar ao que eeles estavam fazendo. A gente sempre fazia um jogo bom em Md1, e a primeira partida contra a INTZ mostrou bem isso.

Como falei antes, eu refleti sobre como a comissão técnica pode ler melhor e apoiar melhor os players e conseguir ajudá-los de forma mais efetiva numa série longa, principalmente isso. Saber o que falar para manter os players com a cabeça no lugar para dar o melhor suporte durante a série.

Robô, uma das maiores contratações dessa janela foi o Wizer, que chegou na KaBuM. Como você vê a chegada dele e você se sente pronto para enfrentar um coreano na sua lane?

Ele deve ser muito bom, ele era reserva de uma equipe da LCK. Não tenho muito o que falar sobre ele, nós treinamos bem pouco com a KaBuM, mas, pelo que percebi, ele é muito bom de Irelia, algo como se fosse o Jisu com Ryze na época. Ele é realmente muito bom com o campeão, não sei os outros champs dele, mas ele com certeza deve ser um ótimo jogador, por ter um nível de LCK.

Qual foi a  maior lição que você tirou no seu primeiro split pelo Flamengo?

A maior lição foi de sempre respeitar o outro time, sempre ter uma preparação contra ele. Na Fase de Pontos nós fomos muito bem, mas acabou que não treinamos outros estilos de jogo, e na final acabou pesando isso, fora que não nos preparamos tão bem. Então essa é a maior lição que eu tiro para o próximo split.

Como foram suas férias do 1º para o 2º Split? Você continuou treinando ou descansou?

Eu fiz um pouco de tudo nessas férias. Eu pratiquei, descansei, saí, vi amigos que há muito tempo não via, fiquei com a minha família, basicamente fiz um pouco de tudo. Tudo isso para voltar com tudo para o 2º split, já que não vamos ter nenhum fim de semana livre por dois meses, agora é foco 100% e só pancada.

Tem algum time que você está animado para jogar contra?

Eu estou muito animado para jogar contra a KaBuM, é um desafio novo por ter um top laner novo no Brasil, principalmente por ser da Coreia. A paiN to tranquilo de enfrentar, então só a KaBuM mesmo.

brTT, o time do Flamengo não mudou para o 2º split. Isso mostra que vocês confiam muito no elenco montado?

Com certeza. Mesmo a gente perdendo a final, demonstramos ser um time muito forte, principalmente nos pontos corridos, já que perdemos só um jogo. Isso mostrou que só falta trabalharmos mais o conjunto mesmo, e consertar esses pequenos erros que conseguimos analisar em partidas Md5, porque em Md1 não tivemos problema de adaptação.

Conseguimos ver que o problema não é nenhum jogador, nem nada do tipo, e sim o jeito que estávamos trabalhando.

A maioria dos times fez contratações, umas mais ousadas que outras, mas teve alguma equipe que chamou mais sua atenção?

A mudança que mais chamou minha atenção foj da KaBuM. Eles mantiveram os pilares do time, o Ranger e o Dynquedo, e trouxeram jogadores muito bons, o Top Laner e a Bot Lane. Acho que vieram para somar muito, acho que vão vir forte para o 2º split e vamos ter que ficar ligados.

Quem voltou para o CBLoL esse split foi a paiN, sua ex-equipe. Como você está se sentindo por enfrentar eles de novo? Estava com saudades de enfrentá-los?

É sempre bom jogar contra a paiN, agora que eles estão de volta…Eu tenho um carinho muito grande pela torcida também, pelo tempo que passei lá, sempre tive muito apoio. infelizmente, dessa vez, vou ter que deixá-los um pouco tristes, mas é sempre bom enfrentar um time com uma torcida tão grande assim.

Você mencionou a derrota do Flamengo para a INTZ na final. Apesar disso, você acredita que o Fla vem como favorito para o 2º Split?

Difícil falar que somos favoritos, principalmente depois de tantas mudanças dos times, times que subiram do Circuito que estão muito fortes, a paiN também… Prefiro não falar nada de favoritismo ainda, vamos deixar o decorrer do campeonato e aí comentamos sobre isso.

Você falou anteriormente da KaBuM, que vocês tem que ficar espertos com eles. Mas, quem mais você acredita que vem forte para esse CBLoL?

A KaBuM tá vindo forte. Não sei como a paiN está vindo, mas acredito que fortes também. O Tin está numa fase muito boa, tiveram a contratação do Yang, o Minerva está jogando muito bem. Acredito que KaBuM, paiN… talvez Redemption. Não sei como a Bot Lane deles vai se sair, mas os jogadores em si são muito bons, então esses três times.

O Flamengo estreia no 2º Split do CBLoL enfrentando a paiN Gaming, na partida inaugural do torneio, à partir das 13h.