Algo que andam me perguntando bastante recentemente é porque a IG não parece mais ser aquela IG assustadora que vimos durante o mundial passado e fase de grupos do último MSI, de fato algumas coisas mudaram e hoje vou falar um pouco sobre o que eu acho que está acontecendo com a IG e quais são minhas expectativas para a atual campeã mundial.

Acho que o mais importante é começar falando que o meta mudou bastante desde o MSI e isso com absoluta certeza impactou na forma em que a IG anda jogando. A principal característica da IG campeã mundial era como Rookie e TheShy conseguiam sem a ajuda de ninguém, destruir seus adversários durante a lane phase, o famoso “win lanewin game” e desde que escolhas voltadas mais para o scaling começaram a aparecer a IG anda tendo dificuldades em se adaptar. Entretanto, na minha visão, essa mudança de meta continua sendo o menor dos problemas da IG, uma grande parte da IG vitoriosa era a soberania mecânica de seus jogadores, coisa que não anda mais sendo uma constante da equipe.  

Foto: Riot Games

Durante todo esse split da LPL foi comum ver TheShyRookie e Ning tendo partidas horríveis mecanicamente, principalmente Ning que desde sempre foi o jogador mais volátil da equipe. Se um time onde sua maior arma é justamente na individualidade de seus jogadores começa a errar mecanicamente, muito do seu jogo é perdido e é basicamente o que anda acontecendo com a IG esse split. Eu sempre fui uma das pessoas que dizia que a IG era um “time burro”, que fazia coisas que só funcionavam justamente por serem absurdamente apurados mecanicamente, então não é muita surpresa fase atual da equipe.  

Meta não favorável, jogadores em uma má fase e por último, mas não menos importante, uma mudança clara de estilo de jogo. Desde o Rift Rivals a IG e principalmente Rookie estão tentando mudar a forma de jogar e como falei anteriormente, eles andam tendo bastante dificuldade em se adaptar. Hoje o foco da IG não é mais destruir as solo laners e sim dar condições para o Rookie sair da lane e impactar principalmente o bot, sendo Taliya a principal escolha da equipe, campeão que foge bastante daquele estilo mais agressivo de lutas um contra um.  

Dito tudo isso, fica claro o motivo da IG estar tendo tantas dificuldades durante esse regular, mas são todos problemas que podem ser resolvidos e muito provavelmente serão, ainda mais depois da vitória convincente contra a FPX, meu maior medo é que a equipe parece viver ou morrer nas mãos de Ning, se na série contra a FPX ele foi incrível, contra a WE ele perdeu sozinho, coisa que também aconteceu durante a semi final contra a Liquid no último MSI, talvez por conta disso que a IG acabou por subir um de seus jungler da academy para o time principal. A qualidade de Ning é inegável, mas sua inconstância, que parece muito estar ligada ao seu humor ou estado mental no dia, é hoje o principal problema da equipe.  

Eu se fosse vocês, não me preocuparia tanto assim, vi gente com medo deles não conseguirem nem se classificar para o mundial, mas podem ficar tranquilos, mesmo com todos esses problemas eles ainda são muito bons e fazem jogos fantásticos, Jackeylove continua incrível, as últimas semanas de TheShy lembraram as de 2018 e quando chegar os playoffs, Rookie vai aparecer. Talvez não encantem tanto como antes, mas se eu aprendi alguma coisa com o mundial de 2018, foi nunca duvidar da IG.