O ex-jogador da Team oNe, Alanderson “4Lan” Meirelles afirmou ter aberto um Boletim de Ocorrência por calúnia e difamação contra a streamer Giovana Tezoni, quem o acusou de assédio.

Em entrevista ao Esportv, 4Lan voltou a negar as acusações que tenha assediado Giovana, e afirma que acredita que tudo não passa de um grande mal-entendido. “É abominante ver a dor que ela está sentindo. De verdade, não acho que seja armação, não acho que ela está mentindo. Acho que foi um p… de um mal entendido. Ou alguém passou a mão na bunda dela, ela olhou para trás e era eu, ou alguém esbarrou nela, ela olhou para trás e era eu. Isso é um p… de um mal-entendido.”

O BO aberto pelo jogador não envolve a segunda mulher que o acusa de assédio – ela ainda não teve o nome revelado., somente Giovana. Segundo ele, nem o próprio sabe o nome dela.

Entenda o Caso

4Lan foi acusado de assédio durante uma festa na casa de brTT e Caju, na madrugada de domingo para segunda (14). Após ser expulso do local, horas depois, ele foi demitido da Team oNe.

A vítima, Giovana Tezoni, fez vídeos se pronunciando sobre o caso, onde declarou que irá até o fim do processo. A outra mulher mantém seu nome em sigilo.