27 de outubro de 2009. Essa data marcou o lançamento de League of Legends no mercado. 10 anos atrás.

De lá pra cá, torneios mundiais de LoL aconteceram. Equipes, jogadores, fãs e a própria Riot Games evoluíram sem parar — cada um construindo sua parte na história desse jogo que marcou milhares de pessoas e gamers pelo mundo todo.

E o Mais Esports, nos últimos dias, tentou contar algumas dessas histórias. Confira o resumão de todas as reportagens e especiais que publicamos nos últimos dias para celebrar a década do League of Legends.

O Brasil no League of Legends internacional

paiN League of Legends LoL Mundial 2015
Reprodução: Riot Games

Nesses 10 anos de história pelo League of Legends, o Brasil teve várias e várias participações internacionais. Não estamos falando só do campeonato Mundial promovido pela Riot Games, mas de outros torneios que, principalmente no início do LoL brasileiro, movimentou o cenário nacional e trouxe alguns resultados interessantes para os fãs.

Como era o League of Legends na fase Beta

League of Legends LoL Beta

27 de outubro de 2009: o dia em que League of Legends foi finalmente lançado no mercado norte-americano. E foi lançamento mesmo, com direito a cópia digital vendida em lojas por aí. A parte mais louca dessa história é que alguns já estavam jogando LoL há um bom tempo, já que a versão Beta do jogo estava rodando há meses entre aqueles que se cadastravam para experimentar o game “dos criadores originais de DotA Allstars”.

Todas as cinemáticas e animações de League of Legends

League of Legends LoL cinemática

League of Legends mudou e muito nesses 10 anos de existência. Já vimos por aqui que o próprio game era muito diferente na fase Beta e a Riot Games sempre trouxe melhorias para melhorar as partidas de LoL.

Mas existem outras partes do jogo que os fãs lembram até hoje. E difícil mesmo é encontrar algum jogador de League of Legends que nunca tenha visto uma cinemática do jogo. Desde 2010, a Riot Games com certeza populou o imaginário dos fãs com animações e vídeos épicos para anteceder as partidas por Summoner’s Rift.

O primeiro Campeonato Brasileiro de League of Legends

Campeonato Brasileiro League of Legends LoL

Tem coisas que a gente nunca esquece, não é mesmo?

O primeiro CBLoL é uma dessas memórias inesquecíveis.

O servidor de League of Legends estreou no Brasil em 2012. A Riot Games realizou a primeira partida “oficial” por aqui em um evento de abertura em São Paulo — uma ocasião que não era tecnicamente um campeonato, apesar de alguns times já treinarem há meses nos servidor norte-americano.

Dominion, o modo renegado de League of Legends

League of Legends LoL Dominion

Quatro anos atrás, o mapa de Crystal Scar e o modo Dominion se aposentavam de League of Legends. Ambos chegaram, lá em 2011, com grandes expectativas tanto pela Riot Games quanto pelos fãs de LoL — afinal, este seria o primeiro projeto da Riot Games fora de Summoner’s Rift e buscava misturar os elementos de MOBA com uma ação mais rápida, estratégica e completamente dependente dos companheiros de equipe.

Sim, depender ainda mais dos seus companheiros de equipe.

Se isso deu realmente certo, é uma história totalmente a parte.

Os Pentakills do Brasil no League of Legends

LEAGUE OF LEGENDS LOL PENTAKILL CBLOL

O primeiro Pentakill em League of Legends ninguém esquece. Aliás, possivelmente o som da narradora gritando pela sua conquista está gravado até agora na sua memória.

Na celebração dos 10 anos do lançamento de LoL, resolvemos juntar todos os Pentakills que já aconteceram em nosso cenário brasileiro. Isso inclui competições nacionais e internacionais, oficiais ou não pela Riot Games.

E que os deuses de Summoner’s Rift te abençoem com esse som nas próximas partidas.

As builds que deixaram saudades em League of Legends

builds league of legends lol

10 anos passam rápido, meu amigo. E pensar que até alguns anos atrás que eu via alguém brincando de Master Yi AP pelas partidas de LoL.

O League of Legends evoluiu desde o lançamento lá em 2009. O jogo era completamente diferente do que é hoje — desde a parte gráfica com os heróis cartunescos até o jeito de jogar com alguns campeões, muitos que hoje já passaram por muitas e muitas reformulações.

Parte das mudanças nessa trajetória incluíram builds completamente sinistras para alguns personagens. Você até pode curtir jogar com Janna atiradora de vez em quando ou até mesmo cravar um Rammus Speed Racer uma vez ou outra, mas algumas combinações se tornaram tão icônicas e ficaram tão fortes ao longo do tempo que a Riot Games teve que entrar no meio e ajustar ou até acabar com essas anormalidades.

O campeonato de League of Legends perdido no tempo

LoL League of Legends WCG 2010

Senta que lá vem história de League of Legends.

Isso foi bem antes da Riot Games anunciar a Season 1 em 2011. O modo ranqueado estreou pouco depois do lançamento do LoL em outubro de 2009, mas vários jogadores já experimentavam e teorizavam o lado competitivo do game em alguns torneios desde a fase Beta. Especialmente na América do Norte com alguns nomes que você irá reconhecer logo, logo.

Mas, depois do lançamento, um torneio em específico chamou a atenção dos jogadores. Com a intenção de chamar a atenção dos fãs de esports, a Riot Games anunciou que faria um campeonato promocional na World Cyber Games 2010, em Los Angeles.

ARAM, o universo paralelo de League of Legends

Eu posso me enrolar por dias sem jogar uma partida de League of Legends em Summoner’s Rift, mas é só um amigo mandar o famoso “bora um ARAM?” que imediatamente eu abro meu cliente do LoL.

Ao contrário das partidas arquitetadas de Summoner’s Rift, Howling Abyss é um local que cheira ao caos quando você entra por lá. Jogar ARAM é como aceitar uma entrega para o outro lado da cidade sem saber se vai pilotar um carro, um helicóptero ou um patinete.

E, por mais irônico que seja, essa é a graça e o inferno do ARAM: viver nos extremos. Tudo pode dar muito certo. Mas tudo pode dar muito errado logo depois.

Twisted Treeline e os últimos suspiros em League of Legends

TWISTED TREELINE LOL LEAGUE OF LEGENDS

Twisted Treeline nos deixará em breve. Enquanto League of Legends comemora os seus 10 anos de aniversário, o mesmo período de festividades irá declarar o fim do mapa 3v3 de LoL que esteve presente desde o início do jogo da Riot Games.

Por mais que alguns brasileiros tenham lutado contra isso, Twisted Treeline está realmente em seus últimos dias. Esse é o melhor período para prestar suas homenagens ou jogar as suas últimas partidas de League of Legends por lá.

Os mundiais de League of Legends até hoje

MUNDIAL LEAGUE OF LEGENDS LOL

League of Legends já tem uma boa história dentro dos esports. Pouco depois do lançamento do LoL em outubro de 2010, a Riot Games começou a organizar algumas competições ao redor do planeta — inclusive com uma breve aparição na World Cyber Games daquele ano, onde os jogadores já sentiram pela primeira vez o gostinho da competição que estava chegando em Summoner’s Rift.

Os itens removidos de League of Legends

League of Legends LoL itens antigos

League of Legends está completando 10 anos e muitos jogadores fizeram parte dessa história. Alguns estão trocando tiros e magias por Summoner’s Rift desde a fase Beta, mas outros chegaram em alguma Season espalhada por essa década. Há quem diga que o jogo se transformou e mudou muito durante esse tempo — e eles têm razão. Um dos principais motivos que comprova isso são os itens que já não existem mais no LoL que conhecemos isso.

Nessa seção de itens deletados, encontramos alguns itens “roubados” que transformavam Udyr e Sona em uma verdadeira máquina de sustain e outros que conseguiam aumentar seu dano quanto mais vida você tinha. Lembra também quando tinha um elixir que aumentava a agilidade do seu campeão?