Um cenário novo e em forte crescimento, marcado por suas lutas intensas e partidas inesperadas. Assim podemos definir a LJL, liga nacional do Japão, que apresenta a cada temporada uma significativa crescente.

Quando comparado aos campeonatos anteriores, este split foi o de maior crescimento tanto em jogadores individuais quanto em equipes. Sendo uma liga que possui apenas 6 times, Rampage e DetonatioN FocusMe sempre permaneceram na liderança com uma discrepância considerável para as outras 4, que por sua vez mantinham o nível parecido com o das equipes tier 2. Essa foi exatamente uma das maiores mudanças neste split, no qual Unsold Stuff Gaming, 7th heaven e outras equipes mostraram um jogo profissional, mesmo não tão sólido.

Porém a realidade é que DetonatioN e Rampage continuam emplacando seu jogo sem adversários à sua altura, e desta vez não foi diferente. Neste sábado (26), ocorrerá a grande final da LJL entre estas duas equipes, concedendo uma vaga ao mundial para a equipe campeã.

DETONATION FOCUS ME

Em um cenário inexperiente, uma equipe que consiga se destacar na tomada de decisões ingame se destaca. Tendo perdido apenas uma série “melhor de 3” neste split, a equipe formada por Paz, Steal, Ceros, Yutapon e viviD vem para esta final com um pequeno favoritismo, como indicam os entusiastas da região.

Segundo o toplaner da USG apaMEN, que enfrentou ambas equipes pela temporada regular da LJL, “o plano principal da DFM é a centralização da teamfight no ADC Yutapon”. Quando perguntado sobre os pontos fortes da DetonatioN, apaMEN afirma: “Steal é bom em dar cobertura e ganhar visão para o midlaner no earlygame, então o time consegue avançar o jogo até que chegue o momento de forçar as lutas em equipe que desejam”.

Estatisticamente falando, a DetonatioN FocusMe possui apenas um jogador dentre os 5 de maior KDA em todo split – o AD Carry Yutapon, com 6,9. Quando falamos sobre garantir abates, o mesmo lidera a lista com uma média de 4,6 por jogo. É de se esperar que a DFM destine seus recursos para o AD Carry, em prol de lutas em equipe limpas e um bom controle de jogo.

RAMPAGE

Se falar que não existe um sentimento de revanche presente na atual campeã do primeiro split da LJL, mentiu. A liga Japonesa é disputada em MD3, com turno e returno. Neste split, a Rampage perdeu as duas séries contra a DetonatioN, amargurando na última rodada um duro 2-0.

O ponto forte da Rampage é acumular vantagem de pouco em pouco, desde o começo do jogo, centralizando forças na toplane e botlane, com um jungler agressivo”, afirma apaMEN. Segundo o jogador da USG, para derrotar a atual campeã, deve-se impedir que obtenham as vantagens iniciais.

Pela diferença estratégica das duas equipes ser consideravelmente alta, perguntamos à Evi, toplaner da Rampage, sobre como estava sendo a preparação da equipe para a grande partida. Ele responde:  A preparação está progredindo gradativamente”, afirmou com confiança. “Estamos preparando algumas técnicas secretas para então podermos utilizar diferentes cartas na final”. Quando questionado sobre as dificuldades que sua equipe encontrou nas partidas contra a DFM, Evi não acredita que esteja tudo resolvido, mas garante que com as novas estratégias que ele tem, é bem baixa a chance de os mesmos erros se repetirem.

Quando analisamos os números da equipe, a pouca vantagem que a DetonatioN possuía desaparece. Enquanto o único jogador presente na lista de melhor KDA da outra equipe é Yutapon, a Rampage conta com os outros quatro melhores. Podemos dar o destaque para a botlane da equipe, formada por YutoriMoyasi (ADC) e Dara (Sup). Os dois possuem 9,5 e 8,3 de KDA, respectivamente.

O QUE ESPERAR DA FINAL?

Podemos dizer que o que virá dessa final é inesperado. Uma equipe que, apesar dos dados girarem em torno do AD Carry, joga focada na rota do meio com um jungler passivo (DetonatioN) contra outra equipe que, por sua vez, faz o jogo girar com boas rotações de earlygame fortalecendo a toplane e a botlane, com um jungler agressivo – às vezes até demais (Rampage).

ApaMEN faz questão de focar que está esperando por bons jogos devido ao crescimento apresentado pela liga japonesa. Principalmente após o Rift Rivals, ele acredita que sua região esteja bem mais forte para este Mundial.

Desenho do jungler Steam feito por HOSHIKO

Para finalizar, confira só a chamada do top laner Evi para esta série emocionante: “É a sexta final consecutiva entre DFM e RPG, e o placar da temporada regular terminou em 2-0 para eles (DetonatioN). Porém, agora que as equipes se enfrentarão utilizando todo o seu poder, acredito que serão ótimos jogos de se assistir e que pegarão fogo.” A final ocorrerá neste Sábado (26), 01:00 pelo horário de brasília.