Na terça-feira (22), o Minor das Américas terá início e contará com quatro equipes brasileiras disputando a vaga para o torneio principal, a IEM Katowice. Um dos times que estará na Polônia representando o Brasil será a FURIA Esports, que tem o jogador Kaike “kscerato” Cerato como um dos destaques da equipe.

“Estamos treinando bastante para termos o melhor desempenho possível. Estamos muito confiantes“, contou o jogador em entrevista ao Mais e-Sports.

Os grupos do qualificatório foram definidos na última quarta-feira (9), e a Furia está no mesmo que a Team Envy, time que terá o multi-campeão Finn “karrigan” Andersen defendendo a equipe. Porém, para kscerato isso não será um problema:

“Ambos os grupos estão fortes, estão bem equilibrados. Independente da adição do Karrigan, devemos fazer o nosso jogo conforme os treinos e acredito que iremos vencer caso nos enfrentemos”.

Além da Team Envy e da também brasileira Team oNe, o grupo da Furia conta com a eUnited. O embate entre esses duas equipes já ocorreram diversas vezes e são sempre apertadas. No minor, o confronto será a abertura do torneio para a Furia.

“Será uma partida muito legal de assistir. São duas equipes que vêm se enfrentando há bastante tempo, talvez até a que a gente mais enfrentou desde que chegamos no NA”.

Não será a primeira vez que a Furia disputará um qualificatório para o Major. Recentemente, a equipe estava na luta de uma vaga no FACEIT Major London, mas o time ficou com a 7°/8° posição e não conseguiu se classificar. Questionado sobre o que precisa mudar, kscerato foi direto “mindset fora e dentro do jogo”.

O jogador, considerado um dos melhores dentro do cenário nacional, foi ponderado pelo MIBR para ser o quinto jogador do time. A movimentação, porém, não ocorreu pelo alto custo que kscerato seria para os bancos da equipe de Marcelo “coldzera” David.

“Isso não vai me pressionar ingame. Muito pelo contrário, acredito que a proposta do MIBR seja um gatilho para que esse seja um ano tão bom para mim quanto foi 2018″ – afirmou Kaike.

O qualificatório que começará na próxima terça-feira (22), será o que mais contará com equipes brasileiras. O jogador da Furia crê que os times nacionais irão bem no torneio:

“Acredito que todos temos potencial de se classificar para o Major, porém CS sempre foi um pequeno detalhe, espero que essa situação atrapalhe mais para os gringos do que para nós” – finalizou kscerato.