Durante a coletiva de imprensa do segundo dia do MSI 2017 no Rio de Janeiro, a SKT enviou o treinador Kim “kkOma” Jung-gyun para responder as perguntas da imprensa brasileira.

KKoma está na SKT desde abril de 2012 e participou das três conquistas de campeonatos mundiais da equipe coreana em 2013, 2015 e 2016. SKT e kKoma buscam juntos o bicampeonato do MSI aqui no Brasil.

Foto: Riot Games Brasil

Um dos jornalistas perguntou se kKoma poderia dar alguma dica para os outros treinadores. Mesmo com um histórico brilhante, kKoma responde: “Não acredito que esteja no ponto de dar conselhos ainda, talvez se eu vencer mais três Mundiais eu posso dar algumas dicas.”

O treinador também comentou que quando ele está se preparando para um jogo ele assume que qualquer time pode vencer a SKT. A equipe está até então invicta no MSI com 5 vitórias.

Kkoma também comentou um pouco sobre a pressão e responsabilidade de treinar a SKT e os melhores jogadores do mundo: “Eu sinto a pressão pois estamos no topo e as expectativas são sempre altas. Mas eu tento lutar contra a pressão. Não é fácil mas estamos aguentando.”

Para finalizar, Heo “Huni” Seung-hoon’s comentou sobre sua entrevista onde ele fala “Eu não acho que ele está jogando League of Legends, ele está fazendo arte.” Um dos jornalistas perguntou se Huni poderia explicar este tipo de arte e o top laner respondeu: “Foi a primeira vez que vi este tipo de arte, então, é difícil para mim verbalizar isto.”