Keyd e CNB jogaram um confronto extremamente importante no CBLOL 2018. O vencedor irá enfrentar a RED Canids na semifinal da competição!

Keyd chegou com tudo!

As surpresas dessa MD5 já começaram no Draft do primeiro jogo. Yampi escolheu Nunu para a selva, um combo fortíssimo com o Azir que aparecia novamente nas mãos do Rakin.

A CNB conseguiu uma boa movimentação no início do jogo e garantiu um Dive na bot lane. Além da T1 (primeira torre do jogo) os blumers também derrubaram uma T2.

Mesmo estando atrás, a Keyd buscava sempre pickoffs e estava sempre mantendo o farm igual ou até mesmo superior nas 3 rotas. Com isso, a vantagem da CNB não crescia tanto no jogo.

Aos 21 minutos, a Keyd faz um pickoff em cima de Yampi, elimina o jungler blumer e parte para o Barão. O Buff é garantido pelos guerreiros e a CNB força uma luta desastrosa. Confira:

Com o Barão, a Keyd tomou controle total do jogo e encerrou a partida.

MVP: micaO

QUE TAPETÃO FOI ESSE?!

No Draft, a CNB baniu o Ezreal de micaO (MVP do primeiro jogo) e desistiu de trazer a Caitlyn para pbO. O Azir (campeão mais escolhido de Rakin) agora estava nas mãos de Tockers. O mid blumer opta pelo Xerath como resposta.

O Revolta fez um início de jogo incrível! Com 8 minutos de jogo, o jungler da Vivo Keyd havia participado de 6 das 7 kills de seu time. Enquanto isso, a CNB não havia conseguido um abate. Eram 3 mil de ouro na vantagem para os guerreiros.

Foto: Riot Games

Confira o countergank do Revolta na bot lane:

O jungler também fez um countergank na rota do topo:

A partida foi um stomp total. Robo não podia aparecer na tela de Yang que ele seria morto naquele momento. Revolta garantiu muita vantagem para toda sua equipe no início de jogo e a Keyd encerra a partida com apenas 27 minutos de jogo!

MVP: Revolta

AULA DE LOL

Sai Yampi e entra Turtle. Assim como havia acontecido na série contra a ProGaming, a CNB optou novamente pela troca dos junglers na terceira partida da série.

Novamente, Revolta tem um início de jogo implacável e faz uma leitura perfeita do gank na rota do topo que Turtle planejava. Tockers chega junto e é doublekill para o mid da Vivo Keyd:

Aos 7 minutos a CNB consegue boa jogada na bot lane e elimina micaO e Jockster garantindo o firstbrick em seguida. Mesmo com a vantagem de ouro, a Keyd acaba desacelerando a partida e não encontrava uma maneira de criar uma bola de neve como foi no segundo jogo.

Aos 18 minutos, Tockers brilha com seu Ryze e garante 3 eliminações:

A CNB conseguia algumas boas lutas e deixa o time com esperança na partida. A Rek’Sai de Turtle era sempre o alvo da Vivo Keyd mas os Blumers conseguiam responder mesmo com a morte do jungler:

Mostrando todo seu poder nas lutas em grupo, a CNB tentava encaixar uma nova luta mas é pega pela Vivo Keyd que garante o Barão logo em seguida:

Aos 29, Revolta rouba o Dragão enquanto Tockers empurra os minions para a base inimiga. 2 Inibidores e 1 Dragão infernal com apenas Yang se sacrificando:

A Keyd atropela e garante um 3-0!