Keyd Stars e Operation Kino protagonizaram o último confronto da terceira semana do CBLOL 2017. Ambas as equipes estão na parte de baixo da tabela com 1 ponto. De um lado, a OPK está tentando se provar nesse CBLOL. A equipe veio de um empate contra a paiN Gaming, uma das favoritas ao título. Do outro, a gigante Keyd Stars, que apesar do time de estrelas, ainda não conseguiu se encontrar no campeonato.

Ranger, o ladrão de barão

A Keyd começa mandando no jogo, colocando pressão em todas as lanes e abrindo grande vantagem sobre a OPK. Com um grande controle do mapa e uma composição com bastante poke, os guerreiros abrem uma vantagem de 5 mil de ouro aos 20 minutos. Com quase todas as torres de rota já no chão, a OPK tentava segurar o split push do Takeshi e o grande controle de cerco por parte de Varus e Jayce.

Aos 26 minutos a Keyd parte para o barão, o objetivo que parecia ser o golpe final para os guerreiros finalizarem o jogo acabou não dando certo depois que o caçador da OPK conseguiu realizar o milagroso roubo. Com isso a OPK consegue se recuperar na partida, ganhar mais espaço no mapa e diminuir a diferença de ouro.

Foto: Riot Games

Aos 41 minutos a história se repete, em sua segunda tentativa de fazer o barão a Keyd Stars mais uma vez não consegue finalizar o objetivo e mais uma vez Ranger executar o roubo, com créditos ao suporte BocaJunior que conseguiu parar o Revolta. A partida que tinha tudo para acabar aos 26 minutos se prolonga ainda mais, a diferença de ouro entre as equipes já começava a se tornar irrelevante.

Aos 50 minutos a Keyd finalmente consegue fazer o barão em sua terceira tentativa, e com esse buff consegue invadir a base da OPK. Com um forte split push do Takeshi, a OPK se viu encurralada dentro de sua própria base, e com isso a Keyd Stars consegue finalizar o jogo aos 56 minutos com direito a um quase backdoor do Takeshi estilo Kami.

Um erro que custou o jogo

Na segunda partida a OPK voltou com uma postura totalmente diferente. A equipe não só se manteve consistente no jogo como conseguiu trabalhar bem o domínio do mapa e ter uma ótima fase de rotas. O first blood saiu cedo para a OPK logo aos 2 minutos quando o capitão da Keyd Stars foi pego em um pickoff, ficando o abate nas mãos do Dynquedo. Depois disso a OPK soube aproveitar a vantagem em suas lanes para garantir os objetivos, entre eles 3 dragões infernais.

Foto: Riot Games

Aos 35 minutos a OPK garante o primeiro barão da partida, nesse ponto do jogo a Fiora já era uma das maiores ameaças da OPK com um split push muito forte e com seu dano muito amplificado por causa dos três dragões de fogo que a Kino possuía. O jogo parecia encaminhado para outro empate, mas um erro da OPK colocou tudo por água a baixo, Esa consegue uma ótima ult pra cima do Dynquedo que é rapidamente eliminado. Com a vantagem de um jogador, os guerreiros partiram direto para o dragão ancião e logo depois para a base da OPK conseguindo assim vencer sua primeira série no CBLOL 2017.

Com esse resultado a Keyd Stars alcança os 4 pontos no CBLOL, já a Operation Kino se mantém com apenas 1 ponto. Confira a cobertura completa do CBLOL 2017 aqui.