Como a sua última esperança para entrar no CBLOL 2018, a Iron Hawks precisava vencer a Keyd Stars em uma MD5 da Série de Promoção.

De um lado, a Keyd não conseguiu sua classificação para os playoffs do CBLOL e terminou a competição em sexto lugar. Do outro, a Iron Hawks vem como a segunda colocada do Circuito Desafiante após perder por 3-0 para a KaBuM.

Revolta voando pelo mapa!

A Iron Hawks trouxe picks que ficaram fortes no meta atual como o Cho’Gath, Janna e a Sivir. Enquanto isso, a Keyd fez seu draft em torno do pick de Zac que foi garantido logo no início para Revolta.

O Firstblood, acabou saindo na bot lane para Alocs. Logo depois, Klaus bobeou e esA não perdoou. Confira:

A Iron Hawks ia ficando perdida em certos momentos da partida e a Keyd se aproveitava para criar jogadas e ganhar mais mapa. Aos 15 minutos de jogo a vantagem era de 3 mil de ouro para a Keyd.

Garantindo o buff do Arauto, a Keyd capitalizou ainda mais toda a sua vantagem e após eliminar Chavoso levou a torre da mid lane garantindo ainda mais mapa. Com vantagem no mapa, a atual vice campeã do CBLOL jogava com tranquilidade e ditava o ritmo do jogo:

Com 23 minutos o Barão foi garantido pela Keyd e a vantagem já estava em 6 mil de ouro. Jogo totalmente controlado e a Keyd encerra com tranquilidade.

Foto: Riot Games

YANG CHOGANDO

De Jarvan IV, Caos faz movimentação inteligente e garante um gank no level 2 mas Takeshi gasta apenas o seu curar.

Logo depois, é a vez de Revolta e Takeshi aparecerem na bot lane e garantirem o Firstblood em cima de Klaus. Desta vez a Iron Hawks resolveu agir mais no início da partida e criava jogadas com o Jarvan de Caos.

Alocs foi campeão brasileiro em 2012. Vice campeão em 2013, 2014 e 2015.
Em 2016, atuou como treinador da Keyd Stars e em 2017 voltou a atuar como jogador pela Iron Hawks.

A diferença entre as equipes era nítida. Chavoso é pego e logo depois é mais um Barão garantido para a Keyd:

Novamente com tranquilidade, a Keyd encerra a partida e abre o 2-0.

Keyd 3-0!

O mais estranho de todo o Draft do terceiro jogo foi o banimento no Garen por parte da Keyd.

O jogo teve um início diferente. De Rakan, esA morreu duas vezes para a Tristana de Klaus. Desta vez, a equipe desafiante conseguia um início de jogo muito melhor e aos 20 minutos de jogo, o gold estava praticamente empatado.

O jogo estava parelho durante muito tempo mas aos 30 minutos a Keyd se organizou, fez o objetivos e garantiu o ACE.

Sem mistério! Keyd 3-0 e a equipe permanece no CBLOL 2018.