A grande final do CBLoL 2018 aconteceu neste sábado (07) entre KaBuM e Vivo Keyd. O confronto não só coroava o campeão brasileiro do primeiro split da competição como também definia o representante da nossa região no MSI 2018.

TitaN mais agressivo do que nunca!

A KaBuM veio com uma composição muito boa para poke e perseguições. A escolha de Nidale deu uma liberdade para Ranger ser agressivo tanto nos ganks quanto nas invasões na selva inimiga. Tal agressividade já começou ser mostrada aos 3 minutos de jogo, onde em um bom gank do caçador a KaBuM conseguiu o first blood da partida.

Praticamente todas as rotas da KaBuM estavam ganhando no farm, tanto pela pressão dos próprios jogadores no 1×1 e 2×2 quanto também pela pressão que Ranger estava colocando na partida. O ouro da equipe foi amplificado ainda mais com a destruição da primeira torre da partida e também do Arauto. A Keyd tentava se manter na partida, e conseguiu diminuir um pouco essa grande vantagem em ouro ao fazerem o primeiro Barão do jogo aos 25 minutos. Apesar do objetivo, a Keyd acabou conseguindo apenas levar 1 torre e controlar um pouco a pressão de mapa, que anteriormente era inteira da KaBuM.

Aos 34 minutos a KaBuM conseguiu fazer o segundo Barão da partida, e em tentativa de resposta, a Keyd tentou fazer o Dragão Ancião, que era uma boa condição de vitória dos guerreiros que acumulavam três dragões elementais. A tentativa acabou dando errado e a KaBuM conseguiu quatro abates, e com o buff de Barão ainda ativo, parte direto para a vitória aos 36 minutos. GG KaBuM!

Keyd oblitera a KaBuM!

Dessa vez a Keyd conseguiu montar uma composição com bom controle de terreno, enquanto que a KaBuM optou por montar uma composição que girasse em torno de proteger a Jinx do TitaN. Mais uma vez o primeiro abate da partida ficou com a KaBuM depois de um otimo gank de Ranger na bot lane.

Apesar da derrota na primeira partida, a Keyd tem uma capacidade de adaptação em séries e isso foi mostrado nessa partida, com um foco bem grande dos guerreiros em neutralizar TitaN, que era o grande ponto de força da KaBuM. A escolha de Skarner para o Revolta fez com que o atirador da KaBuM tivesse que atrasar um pouco sua build para fazer a bandana de mercúrio,build que já estava atrasada em relação a micão, que concentrava grande partes dos recursos da Keyd.

Aos 27 minutos a Keyd conseguiu uma boa luta na selva inimiga, conseguindo quatro abates e espaço para o primeiro Barão da partida. Com o buff, a equipe conseguiu destruír todas as torres de rota e também o inibidor da rota do meio da KaBuM. Neste momento da partida a vantagem em ouro já passava dos 10 mil para os guerreiros.

Aos 32 minutos a Keyd conseguiu finalizar a segunda partida e assim empatar a série, com um placar de abates de 18-8 a seu favor. GG Vivo Keyd!

Segura o Nocturne

A KaBuM veio com uma escolha um pouco “diferente” para o CBLoL, trazendo Nocturne na selva. Apesar da escolha não ter sido tão usada, o campeão poderia chegar mais facilmente nos carrys inimigos, principalmente com sua ult. Ranger mais uma vez mostrou que estava bastante presente nas partidas e conseguiu o first blood para sua equipe, que dessa vez ficou mas mãos do TitaN.

A KaBuM conseguiu uma boa pressão de mapa, o que fez com que a equipe mais uma vez conseguisse a primeira torre e também o Arauto. Apesar dessa pressão, a Keyd conseguia boas lutas, deixando seus carrys sempre livres para dar bastante dano. Os guerreiros ficaram com o primeiro barão da partida logo aos 21 minutos de jogo, porém o buff foi usado apenas para levar algumas torres de rota.

Com 36 minutos de partida, a KaBuM conseguiu três abates e também o buff do barão, que foi usado para invadir a base da Keyd e assim vencer a terceira partida. GG KaBuM!

Micao carrega sua equipe para a quinta partida

Diferente de todas as outras partidas, a Vivo Keyd finalmente conseguiu o first blood da partida, que ficou com Jockster em uma luta 2×2 na bot lane, revolta chegou para finalizar Riyev e deixar os guerreiros na frente em abates.

A KaBuM começava controlar todas as rotas e assim garantir a pressão de early game da partida. A história mudou de lado quando em outro 2×2 na bot lane, micao e Jockster consegue levar a melhor, com dois abates nas mãos da Jinx.

O atirador da Vivo Keyd estava tão forte que quase garantiu um pentakill na partida.

Aos 28 minutos a Jinx já estava com um placar de 11/2, dominando totalmente a partida e as lutas. A Keyd consegue fazer o Barão e asim parte para a base inimiga, finalizando a partida aos 29 minutos com um placar de abates de 24-8. GG Vivo Keyd que leva a decisão da série para a quinta e última partida.

A KaBuM é campeã do CBLoL 2018!

A KaBuM trouxe a Zoe para a quinta partida, campeã que estava um pouco sumida no copetitivo de todo o mundo. A equipe mais uma vez conseguiu o first blood da partida, e poucos minutos depois, em uma tentativa de combo da ult do Skarner e lanterna do Thresh, mas os guerreiros não obetiveram sucesso, dando uma boa vantagem de early game para a KaBuM.

Mesmo conseguindo o Arauto, a Keyd não conseguia destruír as torres da KaBuM, que tinha o controle total do mapa. Aos 19 minutos a KaBuM já tinha pouo mais de 4 mil de ouro de vantagem, com três torres destruídas, enquanto a Keyd ainda não havia conseguido destruír nenhuma.

Com 23 minutos de partida a KaBuM consegue o pickoff em cima do Jockster, jogada que abre espaço para o primeiro Barão da partida a favor da equipe, que de bonus consegue mais três eliminações. com o buff de barão a equipe parte para a base inimiga, conseguindo a destuição do nexus e também o título do primeiro split do CBLoL 2018. GG KaBuM que representará o Brasil no MSI 2018.

Você pode conferir a cobertura completa do CBLoL 2018 com replays dessa final aqui no Mais e-Sports.