A copa do mundo de Fortnite acabou, mas as polêmicas ao redor dela não. Durante o sexto e último jogo do domingo (28), o jogador russo Mark “Letw1k3” Danilov foi acusado de olhar o telão da arena enquanto o torneio estava acontecendo. Com isso o jogador foi desclassificado do último jogo e todos seus pontos não valeram nada.

Entretanto, a polêmica não parou por aí. Após ser desqualificado, a alegação do mesmo é que o jogador a sua esquerda, Yan “fwexY” Kaur havia sofrido uma eliminação e, na angústia do momento, teria dado um tapa na mesa, assustando-o e fazendo com que ele virasse sua cabeça para a tela do companheiro. fwexY também é russo e faz parte da mesma organização que Letw1k3, a Gambit.

Os juízes, então, viram o caso como apto a desqualificação. Em sua página no Instagram, a Gambit fez um pronunciamento onde revelava que o garoto foi tirado apenas da última partida, mas que ainda irá receber parte do prêmio. Letw1k3 ficou em 59° e fwexY ficou na 31° posição. Cada um levou para casa 50 mil dólares.

O caso está sendo discutido entre a comunidade não só pelo garoto ter “trapaceado”, mas ao assistir os VODS quase todos os jogadores deram pelo menos uma olhada para o telão.

A estrutura da Epic acabou facilitando esses atos, fator que também foi colocado em pauta pela comunidade. Em outros esports, os telões geralmente são montados em um espaço onde os competidores não conseguem ter acesso enquanto jogam.

Veja também: Epic Games libera trailer da nova temporada “X” do Fortnite, que acontece na próxima quinta-feira (1).