O Jhin de Guinsoo ficou popular rapidamente na soloQ com as mudanças que o item recebeu no patch 8.6. Mesmo assim, os jogadores profissionais foram proibidos de realizar a combinação pela Riot Games.

Durante a quinta partida, o ADC Felipe “brTT” Gonçalves jogou com Jhin mas não fez a compra do item, gerando muitas perguntas do motivo. A combinação faz com que Jhin consiga uma quantidade gigantesca de Dano de Ataque, deixando-o com um ataque básico extremamente poderoso:

O Mais e-Sports procurou a Riot Games nessa segunda-feira (16) sobre o assunto mas ainda não recebeu resposta. Mais tarde no mesmo dia, o ADC brTT se pronunciou e explicou que o item estava proibido:

O item só estaria “bugado” no Jhin, os outros campeões, como a Kai’Sa, estavam aptos a comprar a Lâmina da Fúria de Guinsoo.

O ADC Victor “Steal” Ruiz, da Team One, confirmou que os jogadores foram avisados apenas na hora do jogo. Mesmo que os jogadores tivessem treinado utilizando o combo, eles não estariam aptos a utilizar na série.

 

A combinação também foi proibida durante os jogos do Sábado (INTZ vs ProGaming e ProGaming vs Team One). Lá fora, na final da LCK entre KingZone DragonX e Afreeca Freecs, os times também receberam o aviso que não poderiam comprar a Guinsoo com o Jhin.

Na soloQ a combinação vem ganhando cada vez mais forças. O campeão que aparecia em apenas 4% dos jogos no patch 8.5 agora vem aparecendo em cerca de 11% das partidas das filas ranqueadas.

Leia também: brTT: “Em nenhum momento passou pela cabeça que não íamos subir.”