Surpresa do cenário Brasileiro, a SEVEN WARS chega com tudo na IEM. Após vencer várias edições da go4LOL, o time resolveu se empenhar mais aos treinos e entrar de vez no competitivo. O mid lanner Brucer é o nosso convidado de hoje e conta um pouco de como é “balançar” o cenário competitivo da noite pro dia. Gostei bastante de conversar com o Brucer, um cara que tem um grande futuro pela frente, assim como toda a Seven Wars.

 

Janna: Entao, qual seu nome, idade? Mora em qual cidade?
Brucer: Bruno Pereira, 17 anos e moro em Contagem, Minas gerais.


Janna: Você faz algo além do League of Legends? Trabalha, estuda?  Brucer
Brucer: Não trabalho, Só jogo o lol mesmo, acabei de terminar os estudos.


Janna: E joga há quanto tempo?
Brucer: Jogo a um ano e meio.

Janna: Há quanto tempo você joga na Seven Wars?
Brucer: 2 meses.

Janna: Vocês tiveram um resultado que surpreendeu todo mundo. Como foi essa vitória contra a CNB na final?
Brucer: Bom, depois de ganharmos da keyd, ficamos muito felizes de já estar participando da IEM. Contra a CNB o nosso foco era conseguir a seed 1 de qualquer jeito, então nos esforçamos muito, e com ÓTIMAS call’s conseguimos fazer o nosso estilo de jogo e crescer na partida. Perdemos uma vez por falta de experiencia de não saber lidar com um campeão que nunca jogamos contra no competitivo. A gente sabia que o campeão gankava bastante no early game era muito forte, então depois da derrota conversamos e discutimos sobre possibilidades e porque o campeão dele cresceu tanto no jogo passado.

Janna: Qual campeão era?
Brucer: Maokai.

Janna:No jogo contra a CNB eu vi que vocês estavam muito confiantes. Jogaram pra cima a todo instante e não se intimidaram por ser a CNB do outro lado. Vocês estavam super “motivados” nessa final, vão continuar com o mesmo ritmo para a IEM?
Brucer: Com certeza, só de estar classificado isso fez com que a gente tomasse mais confiança ainda e nunca nos sentimos intimidados com nenhum time, cada player sempre acreditou no seu potencial e fomos pra cima pra ganhar… Como é o meu primeiro presencial provavelmente vou estar um pouco nervoso, mas não irei me intimidar por nenhuma equipe!

Janna: E como foi ficar “famoso” entre os jogadores BR da noite pro dia?
Brucer: Foi uma experiencia muito boa, fiquei sem dormir um bom tempo, e 2 dias acordando 9h da manha pra poder jogar e indo dormir 3 a 4 horas de ansiedade.

Janna: Vocês treinaram bastante para esse campeonato?
Brucer: Sim. Depois de ganhar algumas go4lol, o time realmente viu que dava pra levar a serio então começamos a treinar de segunda a sexta em volta de 8 a 12 horas por dia, e nos domingos jogar a go4lol, ou seja a gente ficava só 1 dia descansando e nos outros jogando.

Janna: É uma rotina bem pesada, e essa rotina continua para a IEM?
Brucer: No momento nao estamos treinando porque queremos fazer um bootcamp para essa IEM, mas assim que chegarmos la vamos voltar com essa rotina sem duvidas.

Janna: Qual é o time que você está mais animado para enfrentar na IEM?
Brucer: Pain.

Janna: Eu percebi no campeonato que a maioria das vezes que vocês pickaram Orianna vcs pickaram a Tristana também, tem alguma relação entre esses 2 campeões?
Brucer: Bom, orianna sempre foi o meu main e tristana é o main do esa além disso a Orianna é champion bem forte. A gente montou uma comp em relação a esses 2 campeões.

Janna: Orianna é seu campeão  preferido?
Brucer: Sim. 80% de win com ela.

Janna: Wooow.. Existe algum campeão que você ODEIA jogar contra?
Brucer: ZED! Odeio muito!

Janna: Qual é o player do competitivo que você mais gosta de assistir?
Brucer: Hmm… eu assisto bastante o brTT.

Janna: No cenário mundia… Tem alguém que você é fã?
Brucer: Curto bastante o Faker e o Bjergsen.

Janna: Obrigado pela entrevista Brucer, estaremos torcendo para vocês representarem bem o Brasil na IEM junto com a Pain e CNB. Gostaria de falar algo para os fãs?
Brucer: Queria mandar um abraço pra todos que estão torcendo pra nós e que esse ano eles vão ouvir falar muito da gente!