INTZ e paiN Gaming se enfrentaram neste domingo (25) em um dos confrontos mais clássicos do CBLoL. As duas equipes não estão em uma boa fase na competição e procuravam sair da parte de baixo da tabela.

Camille open?

Ayel é bastante conhecido por sua grande pool de campeões no top, mas também é temido por ser muito habilidoso com a campeã Camille, que foi banida em todos os jogos contra sua equipe anteriormente. A paiN pareceu não temer tanto a campeã e a deixou passar, e Ayel não pensou duas vezes ao dar first pick nela.

O jogador mostrou o porquê é tão respeitado com a campeã com um first blood logo cedo na partida, invadindo a selva inimiga inimiga e matando Tay em seu próprio território.

A INTZ se aproveitou da fragilidade do GP no top e deu uma atenção especial para que Ayel conseguisse crescer bastante na partida. Os intrépidos mostravam lutas melhor coordenadas e uma rotação mais rápida, o que deu a eles a primeira torre da partida e uma vantagem de 2 mil de ouro logo aos 12 minutos de partida.

Os intrépidos também garantiram o Arauto da partida, porém a paiN não deixou os objetivos serem levados de graça e garantiu o controle dos dragões elementais como uma possível condição de vitória no late game.

A paiN não conseguia parar com eficácia toda a iniciação do Ayel, que concentrava todos os recursos da partida. A INTZ conseguiu o primeiro barão da partida, mas acabou sacrificando a Camille para conseguir o buff. Apesar da vantagem, quem conseguiu levar objetivos foi a paiN, que recuperou um pouco de espaço no mapa.

Aos 36 minutos a INTZ encaixa uma boa luta na rota do meio e, com um bom foco nos carrys inimigos, consegue um ace e assim a vitória da primeira partida da série. GG INTZ!

Uma paiN totalmente diferente

Se na primeira partida o Tay foi invadido e morto logo no começo, na segunda partida foi a vez dele dar o troco, invadindo o Shini logo no level 2, conseguindo além do roubo do bônus vermelho eliminar o caçador inimigo.

A paiN mostrou uma agressividade muito grande principalmente por parte do Tay, sempre estando pronto para responder aos ganks do Shini e virar as lutas para sua equipe. A paiN garantiu também a primeira torre da partida e o Arauto, conseguindo mais de 3 mil de ouro de vantagem aos 13 minutos.

O jogo permaneceu mais parado por ambas as equipes, mas ao 23 minutos a paiN se aproveitou uma ida à base da INTZ e fez o primeiro barão da partida rapidamente sem contestação. O buff foi usado para pressionar a rota inferior, e aos 28 minutos a INTZ perde seu inibidor.

Apesar de toda a vantagem, a paiN optou por fazer um jogo seguro e sem espaço para erros. A equipe esperou o segundo barão da partida e, depois de uma boa luta na rota do meio, conseguiu ficar com o objetivo. Com mais itens, buff do barão em mãos e pressão na rota inferior pelos super minions, a equipe invadiu a base da INTZ e destruiu todos os inibidores, deixando os intrépidos sem alternativa a não ser ficarem dentro de sua base e se defender. Aos 35 minutos a paiN Gaming partiu em peso para a base inimiga, fechando a partida e empatando a série. GG paiN Gaming!

Sinal vermelho da paiN começa apitar

A terceira partida da série foi muito mais estudada por ambas as equipes e com pouca ação no decorrer do jogo. A INTZ tentou forçar o first blood em cima do Loop, mas a paiN conseguiu uma boa resposta e ficar com o primeiro abate.

Aos 25 minutos os intrépidos conseguem três abates e partem direto para o barão. O objetivo que iria estabelecer uma vantagem significativa para eles acabou sendo roubado pelo Tay e, de bônus, a paiN ainda conseguiu quatro abates.

Mesmo com o barão a favor, a paiN Gaming não conseguia avançar no mapa dos intrépidos, e após tomar alguns pickoffs, perderam o inibidor da rota do meio. Aos 32 minutos a INTZ conseguiu uma boa luta na rota do meio e eliminou três jogadores da paiN Gaming, abrindo espaço para a vitória da partida e da série. GG INTZ!

Você pode conferir a cobertura completa do CBLoL 2018 aqui no Mais e-Sports.