A INTZ fez uma movimentação importante para a história do clube no CS:GO. A equipe contratou os integrantes da NoTag e disputará a Pro League, competição que ocorre nos Estados Unidos.

A possível negociação já havia sido cogitada pela ESPN Brasil e HLTV e foi confirmada nesta quinta-feira (27) com o anúncio oficial da equipe brasileira.

A line é formada por Vito “kNg” Giuseppe, Marcelo “chelo” Cespedes, João “horvy” Horvath, Alexandre “xand” Zizi,  João “felps” Vasconcellos e o treinador Alessandro “Apoka” Marcucci.

Em entrevista exclusiva ao Mais e-Sports, Apoka comenta: “Estou muito feliz de conseguir jogar a Pro League. Sabemos que é o maior campeonato da América do Norte. Estamos com um time novo e sabemos que não vai ser fácil. Vamos precisar de muito treinamento e muita vontade. Nós saímos atrás da maioria das equipes da Pro League mas temos aquela força brasileira. Acreditamos bastante que vamos cumprir nossos objetivos.”

O treinador também aponta qual é a meta da equipe para 2018: “A meta seria a gente conseguir jogar um campeonato, como uma dreamhack lá fora, e pelo menos se manter na Pro League.”

Veja a entrevista completa com Apoka:

Felps, que já disputou a Pro League em outras edições explica “É um campeonato muito difícil. É online e se você não tem uma consistência como time, uma habilidade individual muito alta, se você não está no seu dia… você acaba perdendo jogos, pontos e no final não tem como recuperar. Minha expectativa é que a gente consiga pelo menos se manter. São 6 vagas que eles dão para as finais, então… Não sei, se manter no meio da tabela, é o objetivo mas se a gente ver que dá, a gente ver que podemos conseguir mais vamos dar o sangue, a vida para se classificar. Mas ao mesmo tempo, não vamos ficar decepcionados se não conseguirmos.”

O jogador também fala que a estreia contra o MIBR será um bom teste mas é um resultado que pode iludir. “Não vou tirar base deste jogo, mesmo ganhado ou perdendo,” e logo depois explica que os jogadores não podem se apegar à resultados (positivos ou negativos) e vê isso como o fator principal para conseguir evoluir dentro da competição.

Veja a entrevista completa com felps:

O primeiro jogo da INTZ na Pro League será contra o MIBR! Fique ligado no Twitter do Mais e-Sports para mais informações sobre a INTZ na Pro League de CS:GO!