A INTZ Genesis está na elite do League of Legends brasileiro! Em série emocionante disputada nesse sábado (18), a vice-campeã do Circuito Desafiante venceu a Operation Kino por 3 jogos a 2 e rebaixou a equipe formada por Luskka, Ranger, Dynquedo, BocaJunior e Aoshi.

Na primeira partida da série, a Operation Kino bem que tentou anular o jungler da INTZ Genesis, Diogo “Shini” Rogê, ao banir três campeões da selva. No entanto, o caçador intrépido ainda conseguiu causar grande impacto na partida com o seu Graves, que com boas rotações foi o responsável por conquistar espaço no mapa para a sua equipe.

O bom desempenho de Alvaro “Verto” Miguel com sua Poppy que conseguiu ficar muito tanque e fez a front line para a INTZ Genesis, facilitou bastante para que os intrépidos conseguissem fazer os objetivos do mapa e apesar de um game longo, não sofreu grandes sustos e conseguiu vencer a primeira partida da série.

No segundo confronto da série, a INTZ Genesis não deu chances para a Operation Kino. Comandando todas as ações do jogo, o time de Shini e companhia abriu boa vantagem ao decorrer da partida. No entanto, quando tinha o jogo praticamente nas mãos, os intrépidos começaram a errar sucessivamente, perdendo várias oportunidades de fechar a partida.

Porém, após uma tentativa frustada de roubo de Barão por parte da OPK que resultou na morte de Ranger, a INTZ Genesis tinha tudo para fechar a partida. Todavia, a Operation Kino conseguiu uma grande teamfight, abateu três adversários e foi para o tudo ou nada rumo a base da equipe B da INTZ.

A OPK chegou a destruir a torre e o inibidor do bot, as duas torres do Nexus e quando tentava a vitória, os campeões da Genesis renasceram, conseguiram eliminar todos os jogadores da Operation Kino e aproveitando a base dos adversários exposta, destruiu o Nexus e no sufoco, venceu a segunda partida da série, 2 a 0  INTZ Genesis.

No terceiro jogo da série, a Operation Kino acordou. Diferentemente dos dois primeiros confrontos, a OPK controlou as ações da partida desde o começo e com Ranger e Luskka inspirados com seu Gragas e sua Caitlyn, respectivamente, o time apresentou uma consistência que ainda não havia demonstrado.

Sem perder nenhuma torre e conquistando todos os objetivos da partida, a OPK mostrou que ainda estava viva na competição, venceu a partida e diminuiu a desvantagem para 2-1 para a INTZ Genesis.

Na quarta partida da Série de Promoção, a Operation Kino embalada pela vitória no jogo anterior, veio com tudo para cima da INTZ Genesis. Sem dar chances para o adversário, a OPK mais uma vez conseguiu ditar as ações da partida desde o início e sempre superior nas teamfights, foi acumulando vantagem com o passar do jogo.

Contando com Dynquedo e seu Vladimir inspirado, a OPK passou aproveitou a vantagem para pressionar e não deixar que a INTZ Genesis ganhasse espaço no mapa e estivesse sempre com as costas na base. Com muita tranquilidade, o time de Luskka e companhia confirmou o atropelo e venceu a quarta partida, empatando a série em 2 a 2 e levando tudo para o quinto e decisivo jogo.

No confronto decisivo, a INTZ Genesis resolveu voltar a jogar. Com uma LeBlanc muito efetiva comandada por Marf, a equipe B da INTZ simplesmente não deu chances para que a Operation Kino pudesse confirmar a virada na série.

Com uma grande atuação de Shini, que conseguiu bons invades no early game, a INTZ Genesis conseguiu ótimas teamfights e com isso foi ganhando vantagem logo no começo da partida. Com isso, a Genesis foi competente e em um verdadeiro snowball, atropelou a Operation Kino e garantiu sua vaga na elite do League of Legends brasileiro.