Na tarde dessa sexta-feira (30), a Imperial eSports enfrentou a YNG Sharks na final do qualificatório brasileiro da WESG 2018. O vencedor da série MD3 avançaria para as finais mundiais do torneio, que estão marcadas para acontecer em Chongqing, na China, em março de 2019. O grande campeão da etapa presencial levará para casa 500 mil da premiação total de 890 mil dólares.

O duelo entre as equipes foi emocionante, e a Imperial acabou saindo vitoriosa, vencendo a série por 2-0, com parciais de 16-4 e 16-11. Com o resultado, a Imperial eSports representará o Brasil na WESG 2018

O Jogo:

Escolha da YNG Sharks: Dust 2
Escolha da Imperial eSports: Mirage
Decider: Inferno

O primeiro mapa foi Dust 2, escolha da YNG Sharks, mas quem seu deu melhor foi a Imperial. Começando do lado CT, a equipe liderada por Gustavo “SHOOWTiME” Gonçalves rapidamente abriu 2-0 após vencer o primeiro pistol e o anti-eco seguinte. A Sharks respondeu no primeiro armado, conseguindo diminuir a desvantagem para 2-1, porém na rodada seguinte, que era um eco da Imperial, acabou perdendo o round, e com a economia quebrada, viu seus adversários chegarem a liderar por 6-1 no placar. A dominância da Imperial eSports continuou, e fazendo um lado defensivo excelente, venceram a metade por 12-3. Jogando agora de TR, o time do AWP Caio “czqk” Fonseca ainda garantiu o segundo pistol e o anti-eco seguinte, se aproximando ainda mais da vitória. Com uma metade ofensiva quase perfeita, a Imperial fechou o jogo por 16-4, abrindo 1-0 na série.

Passando para a Mirage, tivemos um jogo mais equilibrado. Começando de TR, novamente a Imperial venceu o primeiro pistol, abrindo 2-0 logo de cara. Exatamente como na Dust 2, a YNG Sharks venceu o primeiro armado e perdeu o anti-eco seguinte, tendo sua economia quebrada, e vendo de novo a Imperial se distanciar no placar, porém dessa vez a vantagem chegou a ser de 9-1. A Sharks ainda conseguiu encaixar 3 rodadas seguidas, virando de lado perdendo por 11-4. Jogando agora de CT, a Imperial não conseguiu garantir o segundo pistol, e viu sua vantagem diminuir para 11-7, mas assim que teve dinheiro para comprar o equipamento, voltou a controlar o jogo, fechando o segundo mapa por 16-11, e a série por 2-0, conquistando assim a vaga para disputar a WESG 2018.