Na tarde deste domingo (18) aconteceu a grande final mundial da Pro League de Rainbow Six Siege, evento que aconteceu no Rio de Janeiro, e teve premiação de 167.000 dólares. Os europeus da G2 Esports enfrentaram os brasileiros da FaZe Clan, e venceram a série por 2-0, se tornando os grandes campeões da competição, faturando 75.000 dólares e chegando novamente ao topo do mundo.

A FaZe Clan havia chegado a final após vencer os japoneses da Nora-Rengo nas semifinais, enquanto a G2 bateu a Fnatic, que jogava com seu coach como stand-in, por incríveis 12-0 (6-0 em ambos os mapas).

G2 Esports vs FaZe Clan

Escolha da FaZe Clan: Banco
Escolha da G2 Esports: Litoral
Decider: Casa de campo

O primeiro mapa foi Banco, e a a FaZe começou do lado ofensivo. A primeira rodada foi a favor dos europeus, que contaram com um 3K do Juhani “Kantoraketti” Toivonen para impedir o avanço e abrir 1-0 no placar. O empate em 1-1 veio logo em seguida, com um 2K do Leonardo “Astro” Luis, que definiu a rodada. Os brasileiros conseguiram virar a partida para 2-1, porém a G2 rapidamente se recuperou, vencendo a rodada seguinte e novamente empatando o jogo em 2-2. No último round da metade, a FaZe Clan tomou a liderança, dessa vez em uma rodada perfeita, onde não perdeu nenhum jogador, e terminou o half vencendo por 3-2. Jogando agora na defesa, mais uma troca de rodadas entre as equipes, com a G2 Eports empatando o jogo e a FaZe retomando a liderança em sequencia, com um 4-3 favorável aos brasileiros no placar. Pela primeira vez no jogo, um dos times conseguiu vencer duas rodadas seguidas, e os europeus chegaram ao match-point, contando com um 3K do Fabian “Fabian” Hallsten, liderando a partida por 5-4. A vitória da G2 Esports veio na rodada seguinte, após um excelente 4K do Juhani “Kantoraketti” Toivonen, o destaque da partida, e os europeus venceram o jogo por 6-4, abrindo 1-0 na série.

Passando para o mapa Litoral, a FaZe Clan iniciou no ataque. Em seu mapa de escolha, a G2 abriu o placar após uma excelente rodada coletiva, impedindo o avanço adversário, porém a FaZe rapidamente respondeu, empatando o jogo logo em seguida em 1-1. Novamente os europeus tomaram a liderança, conseguindo kills isoladas e trabalhando com a vantagem numérica, abrindo 2-1 de frente. Os brasileiros mostraram que não seriam derrotados com facilidade, e contato com um 2K do Gabriel “cameram4n” Hespanhol, empataram de novo o jogo em 2-2. Na última rodada da metade, a G2 levou a melhor, terminando o half com a vantagem de 3-2. Trocando de lado, os donos da casa pareciam que iriam de novo empatar o jogo, tendo a vantagem numérica de 3×1 a seu favor, mas o Juhani “Kantoraketti” Toivonen realizou um clutch incrível, colocando pela primeira vez no mapa a G2 Esports com 2 pontos de vantagem e um placar de 4-2. Os europeus chegaram ao match-point após mais uma excelente rodada do Fabian “Fabian” Hallsten, que fez mais um 2K, para garantir o placar em 5-2. A vitória veio na rodada seguinte, com um 3K do Niclas “Pengu” Mouritzen, e a G2 Esports fechou o mapa por 6-2 e a série por 2-0, se tornando os campeões mundiais da temporada 8 de Rainbow Six Siege.

Com a vitória da final, a G2 Esports conquistou seu quarto título da Pro League de Rainbow Six (3 quando ainda representavam a PENTA Sports), e se consolidaram ainda mais como melhor equipe do mundo. Já os brasileiros da FaZe Clan terminam a competição de cabeça erguida, sabendo que fizeram um excelente trabalho.

Confira como ficou a classificação final da Pro League de Rainbow Six:

1º Lugar – G2 Esports: US$ 75 mil  
2º Lugar – FaZe Clan: US$ 30 mil  
3º/4º Lugar – Fnatic e Nora-Rengo: US$ 15 mil  
5º/8º Lugar – Immortals, Mockit, Rogue e Evil Geniuses: US$ 8 mil