12 equipes profissionais de Free Fire se uniram recentemente para formar a National Free Fire Association (NFA), uma associação brasileira com o objetivo de acelerar o desenvolvimento do game no Brasil. A organização, que se inspira nos modelos de franquias da NBA e da NFL nos Estados Unidos, também organiza eventos e torneios profissionais no Brasil.

“A NFA surgiu ao ver o engajamento do público com as equipes – ainda amadoras – de Free Fire”, revelou a NFA por meio de comunicado à imprensa. “Pensando em tornar o cenário do jogo mais forte e ainda manter as equipes que ali estão, a Liga resolveu se tornar uma associação para apoiar, orientar e fomentar o crescimento dos times com o intuito de profissionalizá-los”, completa.

Free Fire

Dessa forma, a organização conta com a Liga NFA, uma competição de nível profissional com equipes franqueadas e que não podem ser rebaixadas. Ela inclui organizações conhecidas no esport brasileiro, como INTZ e Vivo Keyd.

O cenário amador também conta com a Liga Secundária com uma premiação de R$ 10 mil e a promessa de que ao menos 12 jogadores serão contratados para as equipes que fazem parte da liga principal. A transmissão ao vivo dos campeonatos da NFA acontecem por meio da CubeTV.

Em março, a TROPA M3C faturou a Pro League de Free Fire com a presença de mais de 250 mil espectadores simultâneos.