Subestimado por muitos, o Free Fire está se tornando um fenômeno global, ultrapassando grandes títulos e caminhando para ser o jogo mobile que dominará o mercado. Sensação entre os jovens, o FR está se estabelecendo na cena de esports também, com grandes campeonatos, boas premiações e muitas pessoas acompanhando.

Em um evento promovido em São Paulo pelo Garena, alguns números do jogo foram revelados e é impressionante o quão popular já é. Estamos falando de mais de 450 milhões de jogadores registrados e uma média de 50 milhões ativos todos os dias. Com esses números, Free Fire já é o 1° Battle Royale mais baixado do mundo no segundo trimestre de 2019. No mesmo período de tempo, também se tornou o 3° jogo para celular mais baixado do mundo. Parte do sucesso está na distribuição do jogo ao redor do globo, são mais de 130 mercados que o disponibilizam para os fãs.

A cena de esports do Free Fire também cresce de forma rápida. O primeiro campeonato mundial do jogo, a World Cup 2019, alcançou mais de 1 milhão de espectadores simultâneos no Youtube, sendo o maior pico em uma transmissão online na história da plataforma.

O Brasil também possui grande destaque neste ponto, pois a Free Fire Pro League Season 2 atraiu mais de 12 milhões de visualizações durante as finais no Youtube. De acordo com o site Escharts, especializado em medições de audiência de campeonatos de esports, a primeira rodada da final chegou a ter mais de 811 mil espectadores simultâneos, onde desses, 765 mil foi o pico do Youtube. Vale lembrar que estamos falando de um campeonato Brasileiro.

Números Free Fire
Foto: Vitor Ventura/Mais Esports

Como a Pro League possui um qualificatório aberto, equipes do Brasil todo podem se registrar para tentar uma vaga. De acordo com o Garena, mais de 600 mil equipes fizeram o registro para a primeira temporada da competição. O torneio terá 12 equipes disputando a grande final, que acontecerá no dia 9 de novembro no rio de Janeiro. O time vencedor ganhará uma vaga na World Series 2019, que também acontecerá no Rio e reunirá os melhores do mundo, lutando por uma premiação de 400 mil dólares.

No evento também foi mostrado a música tema do Mundial, que é produzida pelo DJ brasileiro Alok. O mesmo também se tornou um personagem jogável no Free Fire, e parte da arrecadação com a venda de sua skin será destinada a instituições de caridade. Com o anuncio do novo patrocinador da Pro League 3 e World Series, o banco Next, os ingressos para a final da etapa brasileira já estão sendo vendidos.