- Publicidade -

Na última segunda-feira (23), os jogadores profissionais de Fortnite Kreo, Bucke, Leys e Slackes foram banidos de todas as competições do battle royale por 60 dias por terem trapaceado. A medida foi tomada após os norte-americanos serem acusados de cooperarem entre si durante a disputa da FNCS, torneio que é jogado exclusivamente em duplas.

Fortnite Champions Series
(Foto: Epic Games)

Por se tratar de um torneio do modo duplas, a ação foi considerada uma trapaça, pois os quatro jogadores estavam se protegendo e evitando trocar disparos. A suspensão de 60 dias fará com que o quarteto perca o restante da disputa da FNCS, além de provavelmente o início da próxima edição da competição. Os jogadores alegam que foi tudo um mal entendido e estão em contato coma Epic Games para tentar resolver a situação.

Apesar da frequência deste tipo de ocorrido ter diminuído, não é a primeira vez que casos como esse acontecem no competitivo de Fortnite. Durante o qualify para a Copa do Mundo de 2019, diversos jogadores foram pegos trapaceando e sofreram punições como as implementadas contra o quarteto norte-americano.

Veja também: Invitational Box Fight terá premiação total de US$ 15 mil