- Publicidade -

Visando diminuir a perseguição às crianças que não têm skins no Fortnite, a Epic Games anunciou a campanha “#AntibullyingSkin”, que deu uma skin Glow a qualquer jogador que tenha aparelhos Samsung. A intenção é de realizar a doação dessas skins para os jogadores defaults, que não têm nenhuma skin.

Influenciadores como Alanzoka, Flakes e Melany Lee promoveram a campanha que foi um sucesso nas lives, realizadas no fim de 2019. “Várias pessoas se identificaram nas lives”, disse a Epic Games.

As skins não influenciam na performance dos jogadores nas partidas, elas só representam uma alteração visual e sonora. Para a desenvolvedora do Fortnite, a comunidade do battle royale é “uma das menos tóxicas comparadas com outros games e estamos lutando para que seja saudável e receptiva com todos os jogadores”.

A campanha tem o intuito de promover esse tipo de atitude – de parceria entre jogadores -, dentro do game. O Fortnite conta com 350 milhões de usuários no mundo todo e com 35 milhões de acessos diários.