bugha fortnite
Bugha com a taça da Copa do Mundo de Fortnite (Foto: Reuters)

Fortnite é o novo número dois na lista de premiação dos esports. Isso porque o battle royale alcançou US$ 82,9 milhões distribuídos em 495 torneios – quase US$ 200 mil em vantagem de Counter-Strike: Global Offensive, o antigo medalha de prata da categoria.

Os dados são do Esports Earnings. De acordo com o site, que monitora o dinheiro distribuído pelas competições, Fortnite assumiu a posição com US$ 82,909,282,39 milhões contra US$ 82,728,806,39 milhões do CS:GO.

O que espanta é a quantidade de torneios que o battle royale da Epic Games precisou para bater o concorrente, na ativa desde 2012. Fortnite precisou de apenas 495 campeonatos contra 4278 do first person shooter da Valve – uma diferença de mais de oito vezes.

O número de jogadores também é bem distante. Fortnite distribuiu essa riqueza com 3187 jogadores, enquanto CS:GO pagou para 12095. Os valores de premiação que cada jogador recebeu informados pelo site não são precisos, já que eles ignoram a divisão com treinadores e os cortes da organização – dados que não são obtidos com facilidade.

No topo da lista, Dota 2 reina supremo com mais de US$ 216 milhões pagos em 1245 torneios. League of Legends, com US$ 70,5 milhões e StarCraft II, com US$ 31 milhões, completam o top 5.

Lançado em 2017, Fortnite se transformou em um verdadeiro fenômeno cultural, arrastando multidões em diversas plataformas e ganhando a atenção do público distante do mundo dos games. Os esports também tiveram um papel importante nisso – com a Epic Games investindo US$ 100 milhões em torneios em 2018 e 2019.