Kyle “Bugha” Giersdorf teve que passar por uma situação no mínimo inusitada no último domingo (11). O campeão da Copa do Mundo de Fortnite no modo solo foi vítima de swatting, um trote onde alguém faz uma denúncia falsa sobre uma pessoa e a polícia especial, no caso a SWAT, invade a casa do indivíduo para averiguar a situação. O jovem de apenas 16 anos estava realizando uma stream quando o incidente aconteceu.

Bugha estava jogando uma partida de trio na sua stream, quando do nada, ele fala para seus amigos: “Eu acho que eu fui vítima de swatting” e se levanta ainda com o jogo em andamento. Após ficar alguns minutos ausente e com sua stream ainda rolando, ele retorna confirmando que sofreu o trote e que policiais entraram em sua casa armados. Sem parecer ligar muito para o que tinha acabado de acontecer, o jogador afirmou que um dos “invasores” morava em seu bairro e o reconheceu, com tudo sendo resolvido rapidamente e de maneira tranquila.

Minutos depois, ele já estava jogando Fortnite novamente como se nada tivesse acontecido. Não se sabe o que a pessoa que armou o trote disse aos policiais para que a SWAT fosse acionada ou seus motivos para cometer o ato.