“Pela forma como a torcida brasileira se comporta ao apoiar uma equipe, fiquei preocupado caso a Red Canids conseguisse passar para a fase de grupos”, foi o que disse Lee “Faker” Sang-hyeok na coletiva de imprensa realizada após os dois primeiros jogos da SKT no Mid-Season Invitational na última quarta-feira (10).

Encantado com o apoio dos fãs brasileiros, Faker disse que toda vez que a torcida brasileira o vê, eles começam a gritar e que a energia da torcida brasileira é algo que ele nunca havia visto antes.

“Quando a torcida brasileira me vê eles começam a gritar. Então eu acho os fãs brasileiros são os mais empolgados de todos os que eu já vi. Além disso, eles também são muito amáveis e eu gosto muito disso neles”, conta Faker.

Perguntado sobre como seria enfrentar a Red Canids no Rio de Janeiro, Faker revelou que estava um pouco preocupado caso o time brasileiro conseguisse passar de fase na competição, já que por conhecer a torcida brasileira, seria complicado ter pela frente o time da casa com total apoio da torcida.

“Ver como os fãs brasileiros reagem aos lances das partidas me fez ficar um pouco preocupado de como seria ver eles torcendo para a Red Canids. E por isso eu fiquei preocupado que o time pudesse se assustar caso tivéssemos que enfrentar eles aqui no Rio de Janeiro. Mas ao mesmo tempo, acho que seria interessante ver a Red Canids nesta fase da competição e estou triste por eles não terem chegado até aqui”, afirma o melhor jogador do mundo.