Após a vitória de 2-0 da SKT contra a MVP neste sábado (1) pela LCK, o time de Faker e antiga equipe de Bengi cravou a primeira colocação na competição e já está na final da competição.

Faker concedeu uma entrevista ao site sul-coreano FOMOS onde comentou um pouco sobre a saída de Bae “Bengi” Seong-ung’s. Bengi e Faker foram tricampeões mundiais juntos, vencendo o Mundial de 2013, 2015 e 2016.

Eu quero ver Bengi mas não sinto realmente saudade dele” afirma o mid laner. Faker fala com um sorriso e adiciona brincando “Brigando na China.

O destino de Faker e Bengi foi separado em 2017. O jungler assinou com a Vici Gaming da China enquanto o mid laner decidiu permanecer na Coréia jogando mais um ano pela SKT.

Foto: Iven

O mid laner demonstrou que está muito mais feliz com a performance da SKT após o jogo de sábado. “Jogamos do jeito que queríamos” mas logo depois menciona vários “altos e baixos” que a SKT teve durante essa temporada realizando alguns jogos ruins.

Faker também comentou que outra série contra a Samsung seria difícil. Ele também elogiou a MVP falando que foram “melhores que eles imaginavam.” Mesmo com estes comentários, o tricampeão Mundial afirmou que não tem preferência para jogar contra algum time na grande final da LCK e está bastante confiante para vencer a competição.

No final, Faker mencionou: “Teve vários momentos perigosos nas partidas contra a KT Rolster, e a gente perdeu um jogo em ambas as séries” e completou: “Acredito que vencer a KT foi a coisa mais difícil que a gente fez até agora.

Leia: “Estamos indo tão bem que estou com medo de não ter desafios” afirma Faker
Leia: Vazam valores de contratos do Faker