- Publicidade -

A richa entre a LCS Europeia e a Norte-Americana foi redefinida neste sábado (7). A região EU venceu o Rift Rivals e se consagrou como campeã de 2018 em um 3 a 1 contra a NA. Duas vitórias da Fnatic e uma da Splyce garantiram o título, defendido pela Echo Fox, Team Liquid e 100 Thieves.

Fnatic vence Echo Fox e crava a vitória da EU sobre NA no Rift Rivals 2018 (Foto: Divulgação/Riot Games)

A primeira partida foi marcada por uma performance sólida de Huni, que, com seu Vladimir, garantiu a única vitória da América do Norte na série. A adversária era a G2, que não apresentou nos playoffs a firmeza mostrada durante a fase de grupos, tendo deixado que a Echo Fox explorasse suas fraquezas com certa facilidade.

A Fnatic, sem o atirador-estrela Rekkles, entrou na segunda partida e dominou a 100 Thieves. A composição com Aatrox, Lucian e Heimerdinger foi explosiva e deu poucas opções de defesa para a equipe norte-americana ao longo do jogo, que perdeu tendo destruído apenas uma torre.

A atual campeã, Team Liquid, não foi suficiente para parar o avanço da região europeia, e foi derrotada pelo 3º lugar da LCS EU, a Splyce. Heimerdinger apareceu de novo, dessa vez nas mãos de Kobbe, que ganhou a bot lane ao lado do Pyke de kaSing. A última esperança de virada do NA foi frustrada pela Fnatic, que não deu trégua para a Echo Fox e fechou a série com mais uma vitória dominante.

Com isso, a Europa leva para casa o título de campeão do Rift Rivals, que pertencia à LCS Norte-Americana pelo sucesso no ano passado (2017). Cada um dos três times campeões levou US$20 mil como premiação, enquanto as equipes americanas levaram US$5 mil. O Rift Rivals não tem relação com o Campeonato Mundial e não concede nenhuma vantagem no restante do calendário oficial de League of Legends.

Veja também: Jogos e Tabela do segundo split da LCS EU 2018Jogos e Tabela do segundo split da LCS NA 2018