Com MIBR, Luminosity e INTZ, Pro League Season 8 inicia nesta terça-feira (Foto: Reprodução/Divulgação)

Com 26 equipes divididas em duas regiões diferentes (Américas e Europa), a ESL Pro League Season 8 começa sua etapa qualificatória online nesta terça-feira (2), e definirá os 16 times que estarão presentes em Odense na Dinamarca, disputando a grande premiação de 250 mil dólares.

O sistema de jogos da fase qualificatória online funciona em um formato um pouco diferente. As equipes jogam duas vezes entre si, em rodadas já predeterminadas, e cada time escolhe o mapa de sua preferência. A vitória garante 3 pontos na tabela, enquanto o empate leva ao overtime — em que o perdedor leva um ponto e o vencedor leva dois — , e a derrota não condede pontuação.

Os 6 times com maior pontuação na tabela da América do Norte, e os 7 maiores pontuadores da Europa, garantem 13 das 16 vagas para a final presencial, que ocorrerá entre 4 e 9 de dezembro na Dinamarca. Os outros 3 lugares são reservados para as regiões das Ásia e do Pacífico (2 vagas) e para a América do Sul (1 vaga). Os 2 piores times de cada região jogam um quadrangular com o campeão e vice da  ESEA Premier, para decidir se serão rebaixados.

Pela região norte americana, teremos 4 times com brasileiros em seus elencos. A recém-formada INTZ, e a Luminosity Gaming, contam com quintetos totalmente nacionais, enquanto o MIBR (3 brasileiros) e a Team Liquid (1 brasileiro), são equipes que misturam jogadores de mais de uma nacionalidade.

Conheça as equipes que participarão da ESL Pro League Season 8 Norte Americana:

  • MIBR
  • INTZ
  • Luminosity Gaming
  • Team Liquid
  • Cloud 9
  • NRG
  • Ghost Gaming
  • Rogue
  • eUnited
  • compLexity
  • Renegades
  • EnVyUs

Conheça as equipes que participarão da ESL Pro League Season 8 Europeia:

  • Astralis (atual campeã)
  • FaZe Clan
  • Fnatic
  • G2 Esports
  • Hellraisers
  • Heroic
  • mousesports
  • Ninjas in Pyjamas
  • Natus Vincere
  • North
  • Space Soldiers
  • BIG Clan
  • AGO
  • Windigo

Veja também: MIBR perde posição pra mousesports e cai pra quinto no ranking da HLTV