O atirador da MVP, Na “Pilot” Woo-hyung, deu uma entrevista ao site Inven sobre a sua partida contra a SKT T1 desta quinta-feria (01).

Em uma partida eletrizante que tomou conta do OGN eStadium, o time da MVP jogou contra a SK Telecom T1 e ganhou por 2 a 1. A equipe já vinha lutando com todas suas forças por uma vitória na LCK, já que até o jogo contra a SKT, acumulava cinco derrotas e nenhuma vitória na competição.

Pilot entrou no terceiro jogo da série e contou que seu head coach pediu para que ele entrasse justamente para ganhar a fase de rotas de Bang e Wolf.

“Meus colegas de time me perguntaram “como vencemos a SKT?”, por eu já ter ganhado deles uma vez quando eu jogava na Jin Air Green Wings. Então brinquei falando que nós podemos vencer se o nosso objetivo for matar o Faker” disse o atirador quando perguntado sobre a sua preparação para a série.

O atirador conta também que não houve pressão sobre ele por ter sido substituído quando a série estava empatada faltando apenas um jogo para decidir. “Não houve pressão. Na verdade, eu estava bastante animado para jogar, já que fazia muito tempo que não jogava contra a SKT. Foi também uma oportunidade para me provar – porque a SKT é uma ótima equipe” conta Pilot.

O jogador mostrou estar determinado em se provar em seu país de berço, já que os fãs não gostaram muito quando o jogador foi pra Europa jogar pelo pelo Paris Saint-Germain e também DS Gaming. Pilot diz que amadureceu bastante quando foi jogar no exterior por ter passado pela experiência de ser um “líder” nas equipes em que jogou, podendo ensinar muitas coisas a seus companheiros de time.

Finalizando, Pilot é confiante ai dizer que após seu time espantar o fantasma da derrota e vencer sua primeira série na LCK, agora vão conseguir treze vitórias consecutivas.

Você pode acompanhar a cobertura completa da LCK 2018 aqui no Mais e-Sports.