A Team oNe sofreu mais uma derrota no CBLoL 2018 e está em uma situação critica na competição com altas chances de rebaixamento direto. O Mais e-Sports conversou com um dos mid laners da equipe, Bruno “Brucer” Pereira, falou sobre situação da equipe, decisão de jogar com o Lactea no topo entre outras coisas.

O jogador comentou sobre como a equipe está lidando com a pressão psicológica de poder sofrer o rebaixamento direto no CBLoL 2018. “Eu acho que em questão psicológica nós já estamos vindo um pouco preparados porque sabemos que o nosso time não está muito bem, então estamos só aceitando mesmo a realidade. Estamos com vários problemas dentro do time que a gente consegue arrumar nos treinos mas chega aqui eles acontecem de novo, então temos que melhorar isso para semana que vem a gente ganhar e a paiN perder”.

Brucer também falou um pouco sobre o clima entre os jogadores mesmo com a má fase da equipe e se algo fora de palco pode estar influenciando em algo nos resultados.

“Nós não temos clima ruim não, muito pelo contrário o clima da casa é muito bom até porque nos treinos nos jogamos bem então isso deixa o clima legal e eu acho que ninguém tem nenhum desentendimento com ninguém, o problema é que chega aqui nós não estamos conseguindo executar o nosso melhor estilo de jogo e eu diria que a comunicação também está atrapalhando bastante, não por ser em inglês mas sim no lado do time se entender e jogar na mesma página”

Brucer jogou os dois jogos da série contra a CNB.              Foto: Riot Games

Nessa série o sul-coreano Han “Lactea” Gi-hyeon, que originalmente foi contratado para a posição de ADC da equipe, jogou na rota do topo substituindo Vvvert, enquanto que o Steal assumiu a posição de atirador. Brucer contou como foi a decisão de mover Lactea para o topo para essa série.

“Nós fizemos um teste no começo da semana porque ele falou que queria jogar na posição porque já tinha jogado antes, e nós testamos e gostamos, por mais que a gente mudou nossa comunicação para o inglês eu acho que ele estava passando informações muito pequenas com poucos detalhes e estava sendo bom, não estava poluindo a comunicação, então nós gostamos e perguntamos para o Verto se ele se importaria de revezar com ele e ai treinamos com o Lactea e o Verto e achamos o Lactea melhor para essa semana”

Na segunda partida da série o adc Steal, da Team oNe, fez a escolha da Vayne, um pick não muito convencional no meta atual e um pouco arriscado. Bruce falou sobre o pick e como ela encaixava na composição da equipe.

“Na real o Steal é main Vayne, ele gosta muito do campeão e é uma coisa que a gente já vinha treinando a muito tempo e sempre estava dando certo nos treinos. Eu não acredito que o motivo da derrota seja o pick da Vayne, eu acho que erramos em muitos outros quesitos como calls, decisões entre outras coisas”

Para finalizar, Bruce mandou um recado para toda a torcida da Team oNe. “Eu quero pedir desculpas por esse desempenho ruim nesse split e com certeza coisas melhores virão, tem males que vem para o bem”.

Agora a Team oNe jogará contra a ProGaming na última semana do CBLoL 2018. Para escapar do rebaixamento direto a equipe precisa da vitória e ainda tem que torcer para que a paiN Gaming seja derrotada pela Red Canids Corinthians. Em caso de derrota para a PRG, a oNe é rebaixada diretamente para o Circuito Desafiante independente de outros resultados. Você pode conferir a cobertura completa do CBLoL 2018 aqui no Mais e-Sports.

*Entrevista realizada em parceria com Evelyn Mackus, repórter do Mais E-Sports.