Desde que um arquivo vazou no PBE com uma voz intitulada “Illaoi“, apareceram muitas especulações sobre o novo campeão de League Of Legends. Sabe-se que teremos pelo menos mais um esse ano, já que o próprio Meddler confirmou. O que resta saber é se Illaoi será mesmo a próxima campeã de Summoner’s Rift.

Confira o Razer Kraken Pró Green na promoção!

Para quem não se recorda, esse é o áudio com o título “Illaoi” que vazou no PBE (como aconteceu com Ekko) e que foi rapidamente deletado:

 

“Não sou muito fã de sermões. Ossos quebrados ensinam melhor”

Ontem, como parte de um novo evento, uma série de histórias chamadas “Sombra e Fortuna: Uma História do Tormento” começaram a ser lançadas no site oficial. Segundo o Rioter Dinopawz: “Fique ligado todas as manhãs do dessa semana (quarta-feira/quinta-feira/sexta-feira) para o restante da história e ver como o terror se desenrola…”

sombras

No capítulo I, revelado hoje tivemos 4 histórias acerca de Lucian, Olaf, Miss Fortune e Thresh. O curioso é que Illaoi aparece na história que faz menção à Miss Fortune. Miss consegue enxergá-la da seguinte forma:

“Miss Fortune virou-se para ver uma mulher gigante com roupões coloridos e longos tecidos caminhando pelas docas na direção deles. Um pelotão de homens tatuados a acompanhava; uma dezena de jovens armados com lanças de presas, pistolas de cano largo e porretes em forma de gancho. Eles gabavam-se como os bandoleiros arrogantes que eram, ficando ao lado de sua sacerdotisa como se fossem donos das docas”.

Além disso, a Caçadora de Recompensas afirma já conhecer a Sacerdotisa e que ela e Gankplank tiveram um caso:

“Não. Ela me conhece”, disse Miss Fortune. “Ouvi dizer que ela e Gangplank costumavam… sabe?”

Aqui, conseguimos observar que Illaoi pode utilizar essa pedra como arma:

“Illaoi carregava uma esfera de pedra maciça que parecia pesar tanto quanto a âncora da Sereia. A grande sacerdotisa carregava-a para onde quer que fosse e Miss Fortune presumiu que era um tipo de totem. O que todos chamavam de Mulher Barbada, eles chamavam de algo praticamente impronunciável”.

Além disso, Illaoi cita os Nagacáburos, que devem ser o povo da qual ela pertence ou até mesmo um segundo nome para a Mulher Barbada. A deusa é tida como Mulher Barbada também.

“Um homem das Águas de Sentina merece a bênção de Nagacáburos, sim?”

“Por que não?” disse Miss Fortune. “Ele vai encontrar a deusa, no fim das contas”.

Confira o Razer Kraken Pró Green na promoção!

Para quem não acompanhou o evento “Águas de Sentina: Marés Ardentes”, a Mulher Barbada é brevemente citada.

Ela também é conhecida como a Serpente-Mãe pelos povos indígenas das ilhas nas redondezas, a Mulher Barbada é a patrona de Bilgewater. Marinheiros descuidados são aqueles que atracam seus navios em Bilgewater sem deixar uma moeda para a Mulher Barbada.

Talvez, por esse motivo que na história de Lucian, quando a moeda de ouro cai na água, os carniceiros citam a Mulher Barbada:

“A moeda dourada caiu por entre os dedos do homem morto e rolou para o oceano, chocando-se suavemente contra a água.

[…]

Não me importo que uma moeda vá à Mulher Barbada, claro que não,” disse o maior dos Carniceiros, um homem com uma barriga tão prodigiosa que era uma maravilha ele conseguir chegar perto da carcaça para cortá-la. “Mas um dos nossos matou o velho John, de maneira justa, matou sim. Então esse cráquem dourado era nosso”.

Por último, Illaoi tenta proteger a Caçadora de Recompensas à todo custo de algum perigo ainda desconhecido.

“Venha me ver quando você descobrir”, disse Illaoi, estendendo sua mão. Na palma da mão dela, um pingente de corais organizados em uma série de curvas vindas de um nódulo central que é um único olho que não pisca.

“Pegue”. disse Illaoi.

“O que é isso?”

“Um sinal de Nagacáburos para guiá-la quando estiver perdida”.

Apontado para a Ilha das Sombras ao indicar o perigo, Illaoi pode não ser de lá já que também é mencionado o local para onde Illaoi está voltando após a conversa com Miss:

“Porque uma tempestade está chegando”, disse Illaoi, apontando com a cabeça para algo além dos ombros de Miss Fortune. “Você o conhece, então é bom que esteja preparada para voltar sua proa para as ondas”.

Ela virou e chutou o canhão de Byrne da doca. Ele chocou-se fortemente contra a água e afundou em um emaranhado de bolhas antes que o resíduo gorduroso da superfície fosse reformado, deixando apenas seu marcador em cruz para indicar o que estava abaixo.

A sacerdotisa da Mulher Barbada marchou de volta de onde veio, na direção de seu templo no penhasco-cratera e Miss Fortune tornou seu olhar para o mar.

Uma tempestade estava sendo formada no horizonte longínquo do oceano, mas aquilo não era o que Illaoi estava encarando.

Ela estava olhando na direção da Ilha das Sombras”.

O que podemos tirar de conclusões?

  • Illaoi é uma sacerdotisa.
  • Veste-se com roupões coloridos e vários tecidos coloridos.
  • Seu povo é indígena.
  • Pode ser Bilgewater ou Ilha das Sombras
  • Carrega consigo uma pedra que funciona como uma espécie de totem.
  • Talvez ela seja de Bilgewater por ser uma devota da Mulher Barbada.
  • Presenteou Miss Fortune com um pingente no formato de coral com um olho só que pode guiá-la quando achar que está perdida.
  • Illaoi é ou aparenta ser uma grande amiga ou quer muito ajudar Miss Fortune.

Quem está voltando? Qual a relação de Miss Fortune com Illaoi? Teria a pedra de Illaoi alguma relação com a pedra que Nami busca?

Vamos aguardar as novidades do evento “Sombra e Fortuna: Uma História do Tormento”, talvez tenhamos mais informações sobre a sacerdotisa Illaoi e se ela é ou não a nova campeã.

Confira o Razer Kraken Pró Green na promoção!