Lee “Faker” Sang-hyeok disse que considerou seriamente deixar a equipe SK Telecom T1.

Antes que o representante coreano da Coréia subisse a bordo com destino a Espanha para competir no torneio All-star de League of Legends, Faker disse em uma entrevista que pensava seriamente em deixar a equipe com a qual ganhou três campeonatos mundiais.

“Eu pensei seriamente em deixar a SKT”, disse ele quando questionado sobre sua decisão de ficar. “Eu pensei muito sobre o assunto e eu estive pensando em ir para o exterior, mas pensei melhor e ganhar outro campeonato mundial com SKT seria a melhor coisa a se fazer.

Nem todos os membros da SKT permaneceram, pois a SKT adicionou o jungler Han “Peanut” Wang-ho e o top laner Heo “Huni” Seung-hoon. Faker disse que espera grandes performances.

“Eu acho que ambos são bons jogadores, então eu acho que vamos fazer bem na próxima temporada”, disse ele. “Eles também são muito gentis, então eu acho que vamos nos dar bem. A única coisa que me preocupa é que eu tenho medo de que eles deem gritos enquanto jogam.”

Faker também ganhou 81% dos votos dos fãs para a ir disputar como midlaner da equipe coreana no All-star, mas para ele foi exatamente como esperado.

“Eu esperava isso”, disse ele. “Eu teria ficado surpreso se fosse talvez 90%.”

Tradução do Coreano para o inglês feita pelo Slingshot eSports