- Publicidade -

A ESL divulgou na tarde desta sexta-feira (24) os detalhes da nova temporada da ESL Pro League. A grande novidade fica por conta da não participação da MIBR em uma das principais competição de CS:GO do cenário internacional.

Segundo comunicado divulgado pela organização, todas as equipes que terminaram até a 16º posição na última temporada foram convidadas e a MIBR e Cloud9 não responderam ou recusaram o convite.

De todo modo, o Brasil terá representantes no torneio: FURIA, INTZ e Sharks.

Palco das finais da 10ª temporada da ESL Pro League. Foto: Helena Kristiansson/ESL

A competição terá um formato diferente para a disputa da 11º temporada. Agora a Pro League será composta por 24 equipes, “abrangendo quatro semanas na 11ª temporada, incluindo uma temporada regular offline completa em um estúdio e um evento de final de três dias em uma arena”.

A ESL Pro League Season 11 será composta por quatro grupos com seis equipes cada e os confrontos serão realizadas em formato de pontos corridos e em partidas MD3. Os líderes dos grupos avançarão à fase final dos playoffs e os segundos e terceiros colocados disputarão os primeiros estágios da fase mata-mata.

Ao final, quando restarem apenas seis equipes na competição, ela será disputada em uma arena com a duração de três dias. A fina da Pro League será disputada em uma partida MD5.

As demais equipes participantes das 10ª temporada foram convidadas para disputar a Mountain Dew League, campeonato que garante vaga na 12ª temporada da competição. Outra maneira de conquistar um slot é através da ESL World Ranking.

Confira as equipes convidadas à 11ª temporada da ESL Pro League:

  • FURIA
  • INTZ
  • Sharks
  • Astralis
  • Complexity
  • ENCE
  • Evil Geniuses
  • FaZe
  • Fnatic
  • forZe
  • G2
  • GODSENT
  • Heroic
  • mousesports
  • Natus Vincere
  • Ninjas in Pyjamas
  • North
  • OG
  • Renegades
  • 100 Thieves
  • Liquid
  • TYLOO
  • Vitality
  • Virtus.pro