A DETONA vem se destacando e dominando o cenário nacional de Counter-Strike: Global Offensive. Entre os dias 18 e 23 de junho, a equipe disputará as finais da nona temporada da Pro League, na França. O atleta Matheus “prt” Scuvero falou com o Mais Esports sobre o momento da equipe, preparação e expectativas para o campeonato.

detona prt
Foto: Reprodução/Draft5

Os brasileiros fazem um primeiro semestre com diversos resultados positivos na Liga Pro, como o título de fevereiro, março e abril, além do triunfo na Aorus League e bons resultados em classificatórios.

Um desses qualificatório foi a ESL Pro League. Na chave da América Latina, a DETONA ficou em primeiro lugar e conquistou a vaga direta às finais mundiais da competição, na França. Depois da França, a equipe irá disputar outro campeonato internacional, a Esportal Global, na Suécia.

EVOLUÇÃO

Prt compõe o elenco da DETONA desde abril de 2018. Até dezembro de 2018 o awper e seus companheiros não tivera m um desempenho igual ao desse ano. No ano que passou foram poucas primeiras colocações tanto em campeonato, quanto em classificatórios. Prt falou sobre a evolução da equipe nesse ano.

“Desde que entrei a evolução do time foi gradual e o time foi ficando muito forte por não trocar muitos jogadores também”, disse. “Sempre manteve uma base e por isso ficou “mais fácil” de evoluir e obviamente também teve em parte o individual dos jogadores decidindo algumas vezes”, completou.

Sobre a melhora de desempenho no presente ano, o atleta afirmou que a troca de capitão foi um dos motivos para que a equipe conquistasse seu espaço de forma mais visível. “A partir de dezembro tivemos uma melhora gigantesca de rendimento, na organização, em tudo, e na minha opinião essa melhora vem pela mudança de capitão e a entrada de mais um jogador agressivo para o time”, afirmou.

“André “tiburci0″ Rossetto vem se desempenhando muito bem como capitão tanto em táticas prontas como em inteligência de calls em mid round”, disse. Além disso, prt lembra do treinador Henrique “rikz” Waku e a mira dos seus companheiros de equipe que também foram fatores fundamentais para a evolução da equipe, segundo o jogador. “Vale lembrar também a extrema importância do rikz no nosso time e a mira cavala que todos do nosso time tem”, falou.

“A gente passou por umas mudanças como organização também, toda essa parte burocrática de time e isso ajudou muito a gente”, completou.

O SONHO DA PRO LEAGUE

Em um grupo com Isurus, Denial e Infinity, a DETONA venceu todos os seus compromissos e, com um mapa perdido apenas, avançou à final da Pro League. Os brasileiros irão enfrentar as melhores equipes do cenário mundial da modalidade, como MIBR, Astralis, Liquid entre outras.

Para prt, apesar do duelo ser complicado contra essas equipes, a DETONA continua em busca de treinos para melhorar seu jogo e, com isso, representar bem seus torcedores. “Sair do Brasil e enfrentar essas equipes é sonho de qualquer jogador e do nosso time também! Sabemos que irá ser um grande desafio, porém, estamos treinando bastante para conseguir um bom desempenho”, revelou.

Segundo o atleta, a DETONA irá continuar seu programa de treinos até a Pro League. “Continuaremos com o mesmo itinerário de sempre: treinando no Brasil de domingo a quinta feira, sete horas por dia e jogando todos os campeonatos que estamos participando”.

A Pro League será disputada entre os dias 18 e 23 de junho, em Montpellier, França. No campeonato, 16 equipes disputarão uma premiação total de US$ 600 mil.