- Publicidade -

A mousesports atropelou a Fnatic na final da ESL Pro League. O selecionado europeu capitaneado por Finn “karrigan” Andersen não tomou conhecimento da Fnatic e venceu com facilidade por três a zero e sagrou-se campeã da competição. Além do troféu, a equipe também garantiu a presença na IEM Katowice 2020.

Foto: Reprodução/ESL

A série foi disputada em formato MD5, mas a equipe de Chris “chrisJ” de Jong não deu chance para os suecos e precisou de apenas três mapas para levar o título. Parciais de 16-11 na Inferno, 16-10 na Train e novamente 16-11 na Mirage.

O título coroa uma excelente campanha da organização. A equipe fez 16-0 na atual segunda colocada no rankin, a Evil Geniuses e também eliminou os donos casa e considerados a melhor equipe de todos os tempo do CS:GO, a Astralis, em um comeback memorável.

A ESL Pro League foi disputada entre os dias 3 e 8 de dezembro, em Odense, Dinamarca. 16 equipes disputaram uma premiação total de US$ 600 mil;