O CS:GO Asia Championship será um dos último campeonatos que a equipe brasileira da MIBR irá disputar em 2019. Com muitas reformulações no elenco e em baixa no cenário internacional, os brasileiros tentam acabar o ano com ao menos um resultado positivo nos campeonatos que disputou.

MIBR
Equipe da MIBR na StarSeries & i-League. Foto: Igor Bezborodov/StarLadder

Para conseguir sair vitoriosa da competição, o quinteto comandado por Gabriel “FalleN” Toledo terá que passar pela Evil Geniuses, G2 e TYLOO, equipes que compõe o Grupo A, no qual a MIBR também está.

Seu principal adversário é, sem dúvida, a Evil Geniuses. A atual segunda melhor equipe do mundo, evoluiu após a mudança de ares – antes a equipe atuava pela NRG. Após ingressarem na nova organização, a Evil Geniuses foi campeã da última StarSeries & i-League e chegam fortes para mais uma competição.

A G2 é uma incógnita. Após a reformulação do elenco com a adição de dois jogadores que não são franceses, a equipe oscila entre o 11º e 14º lugar no ranking. No mesmo período, a G2 disputou dois campeonatos e o qualificatório às finais da ESL Pro League. A melhor posição dos franceses foi o 5º-6º na StarSeries & i-League. Já na DreamHack Masters Malmö, a equipe ficou em uma posição pior: 9º-12º.

A TYLOO, donos da casa, será o adversário, em tese, mais fraco do grupo. A equipe hoje ocupa o vigésimo sexto lugar no ranking mundial de CS:GO e não tem resultados expressivos nos últimos campeonatos disputados. Na DreamHack Masters Malmö, os chineses ficaram na posição 13º-16 e na IEM Beijing, o resultado foi um pouco melhor: 7º-8º.

A MIBR estreia contra a Evil Geniuses em partida válida pelo Grupo A. O jogo será realizado na madrugada desta quarta-feira (20), às 3h.

Veja também: Brasil terá duas equipes na disputa da ESL Pro League