coldzera MIBR pro league
coldzera, da MIBR, durante a fase de grupos das finais da 9ª temporada da ESL Pro League (foto: MIBR)

A MIBR segue viva nas finais da 9ª temporada da ESL Pro League. A equipe brasileira venceu o confronto com a North pelo Grupo B e chegou até a decisão da chave, que vale vaga para os playoffs.

O placar foi de 2 a 1, com 16-5 na Mirage, 13-16 na Inferno e 16-13 na Overpass.

Com a vitória, Gabriel “FalleN” Toledo e seus comandados esperam pelo vencedor do confronto entre Team Liquid e HellRaisers para conhecer seu adversário das 14h desta quinta-feira.

A North, por sua vez, deixou a competição na 9-12ª colocação e faturou US$ 15 mil.

O JOGO

Começando na Mirage, os brasileiros mostraram que o lado TR estava inspirado e fizeram 6-0 sem grandes dificuldades. A North respondeu com quatro pontos, mas a MIBR devolveu com três execuções consecutivas e de sucesso.

O placar do final da primeira etapa era de 10-5 e, no segundo tempo, a North não apareceu. Com boas defesas, os brasileiros seguraram as investidas dos adversários dinamarqueses e conseguiram uma nova sequência de seis rounds, fechando o mapa em 16-5.

Na Inferno, a MIBR teve mais um bom começo, agora abrindo 5-0 do lado CT – se aproveitando agressividade de Fernando “fer” Alvarenga e João “felps” Vasconcellos. A North acordou no sexto round e, se aproveitando dos erros dos brasileiros, conseguiu virar o jogo para 8-5 e ir ao intervalo com 8-7 de vantagem.

Depois da troca de lados, o jogo seguiu pegado, mas com vantagem para a MIBR. Apostando em domínios na banana, a equipe brasileira conseguir buscar e virar o placar em 11-10.

Valdemar “valde” Bjørn Vangså e seus companheiros empataram logo na sequência, mas a MIBR não deixou barato e voltou a ficar na frente. A fase dos brasileiros na Inferno, porém, mais uma vez prevaleceu. Depois de falhar em uma execução, a MIBR viu os adversários fazerem outros quatro pontos e fecharem o mapa em 16-13.

Na Overpass, a North fez valer a vantagem CT do mapa e começou com 6-0. A MIBR reagiu bem e fez cinco em seguida, deixando o jogo bastante parelho. A troca de roudns continuou até o final da primeira etapa, que terminou em 8-7 em favor dos dinamarqueses.

Na segunda etapa, a partida continuou acirrada, com os times trocando duas sequência de três pontos cada. A boa defesa da MIBR prevaleceu nos momentos finais da partida, que terminou em 16-13 para os brasileiros.