Bruno “latto” Rebelatto, jogador de 16 da RED Canids, teve um trecho de sua stream divulgado na última segunda-feira (12) no qual dispara insultos racistas durante uma partida de CS:GO, de julho. Na época, latto ainda não fazia parte da Matilha.

No clipe, latton está acompanhado de Gabriel “Nython” Lino,  também jogador da RED Canids, jogando o torneio semanal GamersCard #8. O jogador diz que “não quer fazer amizade com o cara não véi, só tô zuando essas duas praga macaca”. Confira no clipe abaixo o momento das ofensas.

Após o assunto ter tomado as redes sociais, a RED Canids se posicionou sobre o caso, afirmando que “repudia qualquer forma de racismo, xenofobia ou ódio em geral”. A organização pontuou que o jogador não fazia parte da equipe quando o fato ocorreu e que o advertiu.

Também citado no posicionamento da RED, Nython teve clipe divulgado onde é tóxico, chamando outro jogador de CS:GO de “fracassado”, em uma partida pela Gamers Club. A plataforma puniu Nython com banimento temporário de sete dias. Já latto não foi punido por não estar utilizando dos serviços da GC no clipe.

Assista o trecho abaixo com as ofensas proferidas por Nython.

As denúncias ocorreram na melhor fase da RED Canids no CLUTCH Circuit. A equipe, que terminou a primeira etapa em último, agora está em primeiro na competição, com 13 pontos e invicta no segundo split.

A organizadora do campeonato também revelou que “providências já foram tomadas e a equipe foi advertida”.