- Publicidade -

A Furious expulsou na tarde deste sábado (29) o jogador nicolaszo da equipe após o mesmo proferir comentários racistas e xenófobos ao brasileiro MITHPUTTINI, da Team Reapers, em jogo amistoso.

A organização através de comunicado anunciou a expulsão do jogador de sua equipe de CS:GO. Ainda na sexta, a organização se manifestou dizendo que o jogador iria receber as “penalidades correspondentes”.

A Furious afirmou que a atitude do jogador não corresponde aos “valores e respeito que promove”. A organização também afirmou que o ocorrido sirva de exemplo à toda comunidade de CS:GO da região para que ofensas como esta não voltem a ocorrer e para criar uma “comunidade de respeito entre irmãos latino-americanos”.

MITHPUTTINI postou em seu Twitter, na última sexta-feira (28), as ofensas que recebera do argentino. Além de ofender o brasileiro com palavras de cunho racista como “negro fracassado” e “macaco”, nicolaszo o ameaçou através de mensagem privada em sua rede social.

Nicolaszo, também na sexta-feira, pediu desculpas e afirmou que não quer criar briga entre Argentina e Brasil e que tem “muitos amigos brasileiros”. Hoje, o jogador excluiu sua conta no Twitter.