meyern isurus
Meyern, da Isurus, durante o grupo latino da 9ª temporada da ESL Pro League (Foto: ESL)

A Isurus Gaming deu adeus à DreamHack Masters Dallas. Apesar de sair na frente na série eliminatória do Grupo B contra a Renegades, a equipe argentina acabou se despedindo da competição após a segunda derrota consecutiva.

O Tiburón perdeu por 2 a 1, com 16-13 na Dust2, 4-16 na Mirage e 16-5 na Inferno.

Com a derrota, a Isurus deixa a competição na 13-16ª colocação e faturou US$ 3 mil.

Agora, a brasileira FURIA eSports é a única representante da América do Sul na disputa. Depois de vencer a NRG Esports na estreia, a equipe joga às 21h20 contra a Fnatic. Quem vencer o duelo se garante nos playoffs.

O JOGO

No primeiro mapa da série, Dust2, os argentinos tiveram uma boa largada e abriram 3-0. A Renegades conseguiu responder, mas não foi capaz de anular Ignacio “meyern” Meyer e os bons retakes da Isurus, que abriram 6-2. Os australianos se aproveitaram de vacilos para vencer nos forçados e encostar no placar, que terminou em 8-7 em favor da Isurus ao final da primeira etapa.

Um bom início como terrorista ajudou os argentinos a abrirem vantagem, mas a Renegades logo se recuperou. Depois de ter sua economia danificada e ver o placar ficar em 13-10, a Isurus contou com muita eficiência nas pistolas – especialmente com o trio meyern, Maximiliano “maxujas” Gonzalez e Gabriel “1962” Sinopoli -, para vencer três rounds em desvantagem econômica e fechar o mapa em 16-13.

Na Mirage, a Renegades conseguiu se recuperar com tranquilidade. Começando como terrorista, a equipe australiana contou com Justin “jks” Savage inspirado para abrir uma larga vantagem logo na primeira metade, com 11-4.

No lado ofensivo, a Isurus não conseguiu passar pela defesa adversária em nenhuma das cinco rodadas, perdendo o mapa em 16-4.

Os argentinos continuaram sem se encontrar na Inferno. Mais uma vez no lado ofensivo, jks e seus companheiros abriram vantagem logo no início, fazendo 9-2. A Isurus respondeu com boas defesas até o fim da primeira etapa, diminuindo a vantagem em 10-5.

Depois da virada de lados, porém, a Renegades retomou o controle da situação, venceu seis rounds consecutivos e fechou o jogo em 16-5.