- Publicidade -

A ESL anunciou nesta terça-feira (18) as equipes participantes da próxima temporada da Pro League. A competição vai contar com 24 equipes, sendo 13 parceiras da organizadora, e ganhará um novo formato. No anúncio aparecem três equipes brasileiras: FURIA, Sharks e BOOM.

A novidade do comunicado está no vazamento da equipe BOOM, organização da Indonésia, que será formada pelos jogadores brasileiros ex-INTZ. O anúncio ainda não foi oficialmente divulgado, mas a informação confere com a publicada pela ESPN Esports Brasil de que o quinteto irá atuar pela organização.

O acordo da parceria é formado por 13 organizações importantes do cenário internacional. São elas: Astralis, Ninjas in Pyjamas, FaZe, Team Liquid, Fnatic, Natus Vincere, Evil Geniuses, G2, mousesports, Complexity, ENCE, Vitality e 100 Thieves. A parceria confere às equipes participação nos lucros das competições e lugares garantidos nos eventos da ESL Pro Tour.

Além das organizações parceiras, a 11ª temporada da competição terá cinco equipes da Season 10 Finals: Sharks, Heroic, North, Renegades e TYLOO. Quatro serão oriundas da ESL World Ranking: FURIA, GODSENT, OG e Virtus.pro. Por fim, completarão as equipes participantes duas que virão da Mountain Dew League: forZe e BOOM.

Novo formato

A ESL revelou que as 24 equipes serão divididas em quatro grupos com seis equipes em cada um e será jogado em formato de pontos corridos, onde o vencedor de cada grupo jogará o Play-in. Quem vencer essa disputa dos primeiros colocados avançará direito à semifinal e o perdedor entrará na terceira rodada dos playoffs.

O segundo e terceiro colocados jogarão a fase mata-mata desde o primeiro round e este será disputado em eliminação simples. Todas as partidas serão MD3 e a Grande Final, MD5.

A competição será realizada entre os dias 16 de março e 12 de abril e todas as partidas serão disputadas presencialmente. A premiação total será de US$ 750 mil.