- Publicidade -

O cenário internacional de CS:GO conheceu um novo campeonato nesta quarta-feira (5). A competição que antes era conhecida como B Site se chamará oficialmente FLASHPOINT e terá uma premiação total de US$ 2 milhões em duas temporadas.

A notícia foi revelada nesta quarta-feira em uma coletiva de imprensa realizada em Londres e divulgada no perfil oficial da competição no Twitter.

A FLASHPOINT foi desenvolvida por organizações importante a fim de “resolver a falta de estabilidade e investimentos de longo prazo, e a ameaça imediata às organizações por um monopólio de organizadores de torneio”.

A liga será financiada por dez organizações no total de US$ 25 milhões. As equipes até o momento são: MIBR, Cloud9, Dignitas, Gen.G, Mad Lions e c0ntact. Outras quatro se juntarão durante o desenvolvimento da liga.

As equipes que se classificarem à competição e não tiverem uma organização terá direito a uma quantia de US$ 25 mil por mês que será pago devido a um fundo que a FLASHPOINT terá em sua estrutura.

ORGANIZAÇÃO E FORMATO

A FLASHPOINT será organizada pela FACEIT e a competição será disputada em um estúdio ao vivo em duas temporadas em 2020. A primeira temporada será disputada em duas fases e as equipes que a jogarem irão ganhar pontos a depender de sua classificação final. 

Ambas as fases irão contar com três grupos com quatro equipes cada e no formato de dupla-eliminação em partidas MD3. As equipes terão o seed decidido pelos próprios jogadores da competição. Ao fim das duas fases, as oito equipes com mais pontos na classificação geral irão avançar aos playoffs, que também será em dupla-eliminação.

Sobre as seletivas, duas equipes irão conquistar duas vagas na competição. Os qualificatórios serão disputados nas regiões da América do Sul e Norte e também na Europa. 

As seletivas serão realizadas a partir de 6 de fevereiro e as finais da seletiva estão marcadas para um presencial na cidade de Los Angeles, EUA, que será realizado entre os dias 3 e 5 de março e terá uma premiação de US$ 100 mil.