- Publicidade -
Campeonato Brasileiro de CS:GO acontecerá até 2024 (Foto: CBCS)

As franquias chegaram ao Counter-Strike: Global Offensive. Fruto de uma parceria entre a produtora de evento DCSet Group e o Grupo Globo, o Campeonato Brasileiro de CS:GO terá duas temporadas ainda em 2019 e premiará seus participantes com uma vaga nas finais da 8ª temporada da StarLadder i-League StarSeries.

O anúncio aconteceu nesta terça-feira. Em nota, a assessoria afirma que o CBCS “foi criado nos moldes de franquia” que se popularizaram nos esportes americanos e têm chegado aos esports com a Overwatch League, a LCS e a LEC.

No total, serão oito equipes participantes, sendo cinco delas já reveladas: Black Dragons, Evidence, Redemption, Skullz Gaming (ex-ProGaming) e INTZ – que deve utilizar o time que atua no Brasil. Essas equipes formam a Aliança Brasileira de Counter-Strike (ABCS), entidade que vai autorregular “campeonatos e eventos que fazem parte do calendário”.

As temporadas inaugurais da liga acontecem ainda em 2019 e vão distribuir R$ 420 mil entre premiação e bônus de participação. A primeira temporada terá início na GameXP, no Rio de Janeiro, entre os dias 25 e 28 de julho. Posteriormente, os jogos serão realizados presencialmente nos estúdios da produtora em São Paulo e transmitidos ao vivo pelo SporTV e pelas plataformas de streaming.

O comunicado não informa como a vaga para a StarSeries será definida e nem as datas das duas temporadas que serão disputadas ainda neste ano.

O CBCS está planejado até 2024 e, a partir da próxima temporada, contará com três temporadas anuais. Os valores de premiação e aporte para os clubes será superior ao de R$ 800 mil por ano.

A CBCS é a segunda liga presencial anunciada nesta semana. Na última segunda-feira, BBL e Gamers Club revelaram a criação do CLUTCH Circuit, que conta com a BR League – disputada semanalmente e dando vaga para LA League e Gamers Club Masters.