Ao contrário da última edição da ESL Pro League, que contou com a participação de três equipes brasileiras, a décima temporada da competição contará com a presença de duas representantes do Brasil: a MIBR e Sharks.

MIBR na última edição da ESL Pro League em Odense. Foto: Bart Oerbekke/ESL

Nas finais da última temporada os brasileiros que participaram do torneio eram as equipes da MIBR, Luminosity e DETONA.

Além dos brasileiros classificados, outras duas equipes provenientes do Brasil disputaram vaga nas finais da competição: a própria DETONA, que estava presente na última edição, e a FURIA. Ambas as organizações não conquistaram a classificação e ficaram pelo caminho.

BRASILEIROS CLASSIFICADOS À ESL PRO LEAGUE

As duas organizações classificaram-se através do qualificatório americano às finais da competição. Gabriel “FalleN” Toledo e seus companheiros conquistaram a vaga já no primeiro round com duas vitórias e uma derrota.

Já a Sharks fez uma campanha melhor que a MIBR. A equipe, que conta com dois argentinos em sua composição, venceu as três partidas na primeira fase da competição e também garantiu sua vaga. Os brasileiros ficaram na posição 1º-4º, que incluem todas as equipes classificadas já na primeira rodada.

Sharks foi a equipe brasileira com melhor campanha no qualificatório. Foto: Carlton Beener/ESL

DETONA E FURIA DE FORA DA ESL PRO LEAGUE

Além das classificadas, mais dois brasileiras estavam em busca da classificação: DETONA e FURIA. A DETONA, com duas vitórias e uma derrota, mesma campanha da MIBR, não classificou-se na primeira por conta da Sharks que estava em seu grupo e fez uma campanha melhor.

No segundo round, Vinícius “v$m” Moreira e companheira não conseguiram desempenhar o mesmo jogo que apresentam aqui no Brasil, e que apresentou no primeiro round, e com três derrotas deram adeus à competição.

A FURIA jogou sua vida na última segunda-feira (18) contra a 100Thieves e não obteve sucesso. O quinteto comandado por Andrei “arT” Piovezan ficou com uma vitória e duas derrotas na segunda fase e em terceiro lugar no grupo e não conquistou a classificação.

AS MELHORES EQUIPES DO MUNDO ESTARÃO PRESENTES NA ESL PRO LEAGUE

Além dos brasileiros, as melhores equipes do mundo vão disputar a ESL Pro League. Estarão na disputa pelo troféu times de todas as regiões do planeta.

Pela Europa, classificaram as equipes da mousesports, Astralis, Natus Vincere, Heroic, FaZe, North e Fnatic. Pelas região das Américas, além da MIBR e Sharks, estarão nas finais as equipes da Team Liquid, Evil Geniuses, ATK e 100Thieves.

O representante da Oceania será a Grayhound, da Austrália, e pela Ásia, os chineses da TYLOO.

A ESL Pro League Season 10 será disputada em Odense, Dinamarca, entre os dias 3 e 8 de dezembro.