kscerato, da FURIA, durante às finais da 7ª temporada da ECS (Foto: Faceit)

O primeiro beta aberto de Counter-Strike, um mod de Half-Life criado por Minh “Gooseman” Le e Jess Cliffe, foi lançado em 18 de junho de 1999. De lá para cá, várias versões se passaram enquanto a franquia se estabeleceu como uma das mais populares e importantes dos esports.

O crescimento duradouro permitiu outro fenômeno: boa parte dos jogadores não havia nem nascido quando os primeiros testes da franquia aconteceram. Alguns deles foram além da casualidade e se tornaram profissionais, ganhando a vida com um jogo que é mais antigo que sua própria existência.

O Mais Esports preparou uma lista com 20 competidores do cenário nacional e internacional que ainda não haviam nascido em 18 de junho de 1999.

WING HEI “FREEMAN” CHEUNG

Freeman escapou por pouco de não estar nessa lista. Natural de Hong Kong, o jogador da Tyloo nasceu em 25 de julho de 1999, pouco mais de um mês após o lançamento do primeiro beta aberto.

CÁSSIO “FROSTEZOR” BERGAMO

O jogador da Redemption nasceu no dia 8 de agosto de 1999, mas já tem rodagem por várias organizações importantes do país, como GamerHouse, Keyd Stars, FURIA e Santos e-Sports.

OWEN “SMOOYA” BUTTERFIELD

Tido como um dos jogadores mais habilidosos dessa geração, o britânico nasceu no dia 16 de agosto de 1999 e viveu bons momentos com a BIG Clan, incluindo um vice-campeonato na ESL One Cologne 2018, mas está no banco de reservas desde fevereiro.

KAIKE “KSCERATO” CERATO
Um dos principais jogadores do Brasil e do mundo, kscerato já compete no Counter-Strike há muitos anos, mas ainda é muito novo. Nascido em 12 de setembro de 1999, o astro da FURIA e antigo desejo da MIBR joga profissionalmente desde o 1.6 e vem de vice-campeonato nas finais da 7ª temporada da ECS.

LEONARDO “LEO_DRUNKY” OLIVEIRA

Destaque da Sharks Esports, leo_drunky é outro que nasceu antes do lançamento do CS. O jogador, bicampeão da ESL LA League, veio ao mundo apenas quatro meses depois do primeiro beta, no dia 19 de outubro de 1999.

RUSSEL “TWISTZZ” VAN DULKEN

Twistzz, da Team Liquid, durante as finais da 9ª temporada da ESL Pro League (Foto: Helena Kristiansson/ESL)

Um dos nomes mais populares da lista, Twistzz se tornou um dos principais jogadores do mundo na batalha da Liquid pelo topo. Dono de títulos e prêmios individuais, a estrela do atual time número 1 do mundo nasceu em 14 de novembro de 1999.

CVETELIN “CERQ” DIMITROV

Depois de deixar a Bulgária muito jovem para brilhar na NRG, CeRq figura entre os principais awpers do mundo. Nascido em 7 de dezembro de 1999, ele é mais um jogador que não teve a chance de mostrar sua habilidade com a M4 com scope – já que ainda não conseguia nem se equilibrar na cadeira.

YURI “YUURIH” SANTOS

Vivendo o melhor momento da carreira com a FURIA e se tornando um dos jogadores mais hypados do cenário internacional, yuurih nasceu apenas em 22 de dezembro de 1999, um dia antes do primeiro beta com envolvimento da Valve ter sido lançado.

ROBIN “ROPZ” KOOL

E o dia 22 de dezembro de 1999 parece ter sido especial para o Counter-Strike. Assim como yuurih, ropz também veio ao mundo na mesma data. Tendo brilhado em 2018 dividindo seu tempo entre a escola e os compromissos com a mousesports, o estoniano já coleciona títulos e uma aparição no top 20 do ano da HLTV.

MATHIEU “ZYWOO” HERBAUT

zywoo
zywOo foi campeão e melhor jogador da 7ª temporada da ECS (Foto: HLTV)

Quem vê ZyWoO como um sério competidor ao posto de número 1 do ranking da HLTV em 2019 nem imagina que ele tem só 18 anos. Grande esperança do cenário francês, o destaque da Vitality nasceu em 9 de novembro de 2000 e já conquistou títulos importantes, como às finais da 7ª temporada da ECS contra a FURIA.

ROKAS “ESPIRANTO” MILASUSKAS

Outro grande nome que surgiu em 2001 foi EspiranTo. O jovem lituano começou a chamar a atenção 16 anos depois, em 2017, e hoje figura entre os destaques da CR4ZY, atual número 16 do mundo segundo o ranking da HLTV.

WESLEY “HARDZAO” LOPES

Um dos principais jogadores do cenário nacional, hardzao também é mais jovem do que o Counter-Strike. Nascido em 16 de janeiro de 2001, o jogador da DETONA estourou no cenário em 2018 e já coleciona participações importantes com a equipe, como às finais da 9ª temporada da Pro League.

BRUNO “B4RTIN” CÂMARA

Aposta da Team One para 2019, b4rtin chama a atenção não só pela pouca idade, mas também por ter se tornado um dos destaques dos Golden Boys pouco tempo depois de sua chegada aos Estados Unidos. O jogador nasceu no dia 11 de janeiro de 2002.

JERE “SERGEJ” SALO

dreamhack sergej
sergej, da ENCE, durante a DreamHack Winter 2018 (Foto: Adela Sznajder/DreamHack)

Tirando o aspecto físico, é difícil imaginar que sergej é um dos jogadores mais jovens do cenário internacional. Com uma frieza típica dos finlandeses, o destaque da ENCE já tem um currículo invejável mesmo tendo nascido apenas em 1 de março de 2002.

NICOLAS “PLOPSKI” ZAMORA

Seguindo os passos da Fnatic, a Ninjas in Pyjamas é outra que apostará numa jovem revelação. Recém contratado para substituir Dennis “dennis” Edman, Plopski nasceu em 14 de maio de 2002 e, antes dos Ninjas, jogou por x6tence Galaxy e Team Ancient.

LUDVIG “BROLLAN” BROLIN

Outro que já disputa os principais campeonatos do mundo com pouca idade é Brollan. Nascido em 17 de junho de 2002, o jogador foi chamado para a Fnatic no ano passado, pouco tempo depois de completar 16 anos, após boas passagens por Godsent e Red Reserve.

DAVID “FROZEN” ČERŇANSKÝ

Apesar da pouquíssima idade, frozen é um dos jogadores mais conhecidos do público na lista. Isso porque, além de defender a mousesports, ele já é observado desde 2016, quando se classificou para a FPL com apenas 13 anos. A mouz é o primeiro grande time da carreira do jogador, que nasceu em 18 de julho de 2002.

IGNACIO “MEYERN” MEYER

O terceiro nome mais jovem da lista mora e atua no Brasil. O argentino meyern, da Isurus Gaming, nasceu em 10 de setembro de 2002 e ganhou projeção mundial após a participação dos hermanos na ESL Pro League e na DreamHack Masters Dallas.

OWEN “OBO” SCHLATTER

De péssima memória recente para os brasileiros, oBo, 15 anos, é o segundo jogador da lista. Nascido em 26 de junho de 2003, o jogador da compLexity Gaming disputou seu primeiro torneio internacional recentemente – às finais da 7ª temporada da ECS -, e foi uma pedra no sapato da MIBR, eliminando os brasileiros.

GABRIELA “BOKOR” BOKOR

Bokor durante a Brasil Game Show 2018 (Foto: Elaine Takahashi)

Liderando a lista está Bokor, a jovem jogadora da Team One. Nascida em outubro de 2004, a jogadora de 14 anos surgiu para o cenário em 2018 e chamou a atenção pelo ótimo desempenho mesmo com pouca idade. Em janeiro de 2019, ela assinou com as Golden Girls e tem dois vices da Liga Feminina da Gamers Club desde então.